Holofotes

Sofía Vergara e Reese Witherspoon duelam em ‘Belas e Perseguidas’

A colombiana Sofia Vergara, 42, e a americana Reese Witherspoon, 39, se uniram pela primeira vez para fazer um longa-metragem, a comédia ‘Belas e Perseguidas’, que estreia nesta quinta-feira (2) no Brasil.

A primeira é a mulher mais bem paga da TV americana, com um salário girando em torno de US$ 325 mil por episódio da série ‘Modern Family’, e astuta mulher de negócios.

A segunda já ganhou um Oscar ‘Johnny & June’ (2006) e agora também se dedica a produzir filmes com personagens femininas fortes, como ‘Garota Exemplar’ e ‘Livre’, ambos lançados no ano passado.

Em resumo: as duas sabem “jogar o jogo” hollywoodiano como poucas estrelas do entretenimento. E foi assim, entre piadas “picantes-mas-saudáveis” (“Ela é irritante”, “Foi assim no set o tempo todo”) e elogios mútuos, que as duas encontraram a imprensa para a divulgação da comédia dirigida por Anne Fletcher (‘A Proposta’), também produzida por Reese Witherspoon.

“Eu nunca poderia ter pensado nesta ideia”, contou Sofia sobre a premissa do longa, no qual faz a viúva de um traficante que foge de assassinos e precisa da ajuda de uma policial CDF (Reese). “Ela foi quem teve a ideia de fazer e veio até mim.”

A colega não deixou o elogio barato. “Sou grande fã dela em ‘Modern Family’ e ela é maravilhosa, linda e engraçada. Como ela possui uma voz nova na comédia, achei que seria divertido fazer um filme com ela”, disparou Reese.

‘Belas e Perseguidas’ não traz nenhuma novidade. É o tipo de filme “de parceiros diferentes que mudam um ao outro no fim” com clichês fáceis sobre latinos e pessoas recatadas. E não discutem nem isso. “Sim, meio que aumentamos essas diferenças entre as mulheres. Ela é grande, sexy e bem latina”, admitiu Witherspoon.

“Falei para Reese que há uma latina gostosa presa dentro dela e está prestes a explodir. Ela dança, fala alto, tem a família por perto o tempo todo, se preocupa com saltos altos e maquiagem e bebe mais café que eu”, rebateu a colombiana emendando com sua gargalhada.

Mas quem já entrevistou Reese Witherspoon antes sabe que a loira não é um mar de rosas. Tanto que não concede mais entrevistas sem estar acompanhada de uma colega de elenco (neste caso, Sofía Vergara) ou do diretor (no caso de ‘Livre’, o cineasta canadense Jean-Marc Vallée).

E todo o esquema combinado de ‘Belas e Perseguidas’ foi ladeira abaixo no meio da entrevista para seis jornalistas de veículos internacionais. Reese começou a estalar os dedos da mão direita no vão entre a cadeira dela e da amiga. “O que está acontecendo? Tem um cachorro aqui?”, perguntou Sofía Vergara para risadas gerais.

A piada ficou mais engraçada e constrangedora, porque Witherspoon estava chamando a assistente que estava na sala. A pobre coitada não viu os comandos da chefe e a colombiana, sem entender o que estava acontecendo, jogou outra: “Estou falando alguma coisa errada?”.

Depois de responder que “não” e finalmente falar com a funcionária, a atriz conseguiu ter seu apelo compreendido – ela queria que a assistente lembrasse a uma jornalista que insistia em levantar o celular na frente do rosto em alguns momentos da entrevista da proibição de fotos naquele momento.

Problema contornado com mais impacto que o desejado e entrevista finalizada em maiores dramas, a jornalista foi assediada pelos colegas. Era a primeira junket, evento organizado pelos estúdios para dar acesso a atores e diretores de determinados filmes, da jornalista, coincidentemente, colombiana como Sofía Vergara.

Meio constrangida, ela nos explicou que não estava tirando fotos, mas, como não enxergava em um dos olhos, ela precisava aproximar o celular da face para conseguir ler as perguntas digitadas no aparelho. Como não havia compreendido a bronca institucional, ela saiu desesperada tentando encontrar um responsável pela assessoria das atrizes. Perseguindo as “belas” em um hotel de Beverly Hills. Não deixa de ser uma ironia digna de Hollywood.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir