Dia a dia

Sinetram desativa posto localizado dentro da Ufam

Posto do Sinetram que operava nas dependências do ICHL, além de atender os universitários, também era utilizado por moradores do entorno- foto: Alberto César Araújo

Posto do Sinetram que operava nas dependências do ICHL, além de atender os universitários, também era utilizado por moradores do entorno- foto: Alberto César Araújo

Estudantes da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) estão revoltados com a desativação do posto do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), que operava nas dependências do Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL), no Coroado, Zona Centro-Sul, ocorrido nesta semana. A unidade, além de atender a classe estudantil, servia como base para moradores próximos à instituição.

Conforme alguns estudantes da Ufam, que solicitam o retorno do serviço, a direção do Sinetram não informou o fechamento do posto, o que ocasionou transtorno para os alunos que semanalmente recarregavam o Passa Fácil naquela unidade. Os universitários chegaram a questionar com o Sinetram a decisão, mas até a manhã de ontem, não obtiveram resposta sobre o motivo que levou a entidade a suspender as atividades do posto.

A estudante do curso de farmácia, Ingrid Carvalho, disse que durante a movimentação dos alunos para obter alguma informação sobre o encerramento do posto, os acadêmicos foram informados que o mesmo seria relocado para outro setor da instituição, localizado no prédio do centro de convivência. Entretanto, segundo ela, tal informação não foi confirmada pelo órgão responsável.

“Fomos pegos de surpresa, uma vez que não deixaram nenhum comunicado nos murais da Ufam sobre o fechamento do posto. Agora temos de ir para o terminal 1 (T1), na Constantino Nery, para recarregar nosso cartão, o que tem gerado um certo transtorno por ser um posto contramão. As informações sobre a reativação estão todas desencontradas e uma delas é que a unidade será reaberta novamente. Esperamos que seja verdade para facilitar um pouco a nossa vida”, comentou a acadêmica de farmácia.

Retorno

Em resposta ao questionamento dos alunos, o Sinetram informou que o motivo da suspensão dos atendimentos do posto de atendimento da entidade, nas dependências do ICHL se deu em virtude da ausência de sinal de internet. A torre onde ficava o link do Sinetram foi retirada, impedindo que os serviços fossem disponibilizados.

O sindicato informou ainda que a Ufam já disponibilizou um outro local para que o posto de atendimento passe a funcionar, no Centro de Convivência, também localizado no ICHL. Porém ainda não há previsão de quando o mesmo começará os atendimentos, pois o local precisa ser estruturado pela universidade e, a partir de então, o Sinetram instalará suas máquinas para atender os usuários.

Por Gerson Freitas

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir