Dia a dia

Sinetram confirma cinco ataques a ônibus em Manaus

Após pelo menos cinco ataques ônibus confirmados pelo Sindicato das Empresas de Ônibus de Manaus (Sinetram), sendo que dois deles foram incendiados, na noite desta quinta-feira (23), os ônibus começaram a retornar imediatamente para as garagens das empresas do transporte público de Manaus. A polícia deve investigar qual a motivação para os atentados. 

As primeiras informações dão conta que que  se trata de um “manifesto” contra os constantes assaltos nos coletivos e o aumento da passagem de ônibus para R$ 3,80 a partir deste sábado (25). Entretanto, as motivações ainda não são confirmadas pela força de segurança.

Inicialmente, o Sinetram determinou o retorno dos ônibus às 22h de hoje, mas, depois dos cinco ataques, os motoristas começaram a retornar para as garagens das empresas com o objetivo de evitar que mais veículos sejam danificados.

O motorista foi preso em flagrante – Divulgação

O primeiro ônibus da noite foi incendiado no terminal da linha 500, situado às margens do Igarapé do Passarinho, Conjunto Galileia, bairro Cidade Nova, Zona Norte da cidade. O segundo ônibus foi incendiado na Zona Oeste da capital. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, os outros três ônibus foram atacados em outras zonas da cidade. Eles não foram incendiados por pouco.

Um homem, identificado como Wilson Soares da Silva, foi detido quando tentava jogar gasolina em um coletivo no Vila Marinho. Ele, que é manobrista da Via Verde, foi levado pela Polícia Militar ao 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP), central de flagrante da área, no bairro Alvorada, na Zona Centro-Oeste.

Todas as ações, ainda segundo o Sinetram, foram realizadas ao mesmo tempo e podem ter sido “orquestradas” por algum grupo.

Faculdades

Algumas faculdades, entre elas a Fametro, determinaram o fim das aulas desta quinta após o anúncio do recolhimento dos ônibus na capital. A finalidade é que os alunos utilizem o transporte público para voltar para casa.

Alunos do Centro Universitário Nilton Lins, no Parque das Laranjeiras, zona Centro-Sul, também foram liberados para retornar a suas casas.

Bruna Souza
EM TEMPO

1 Comment

1 Comment

  1. Pingback: Prefeitura estende horário de alternativos e executivos em Manaus | CoariClass

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir