Dia a dia

Sine fará seleção para contratar ‘flanelinhas’

Flanelinhas associados à Aglavam poderão participar da seleção, para atuarem no sistema de estacionamento rotativo Zona Azul, no Centro  - foto: Ione Moreno

Flanelinhas associados à Aglavam poderão participar da seleção, para atuarem no sistema de estacionamento rotativo Zona Azul, no Centro – foto: Ione Moreno

Os espaços delimitando vagas para carros em algumas ruas do Centro foram demarcados identificando as reservas do sistema de estacionamento rotativo Zona Azul. Não há data definida para o início do funcionamento do serviço. A única definição é a contratação de ‘flanelinhas’ pelo Consórcio Amazônia para trabalhar na cobrança das vagas. Na primeira etapa do projeto, a Associação dos Guardadores de Veículos do Estado do Amazonas (Aglavam) enviará 80 formulários com dados de candidatos ao Sistema Nacional de Emprego de Manaus (Sine-Manaus), que fará a seleção e deverá enviar uma lista com 50 nomes ao consórcio para assinatura da Carteira Profissional de Trabalho (CPT). A intermediação do Sine foi definida na semana passada entre a Aglavam e o Instituto de Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans).

“O que foi informado é que na próxima semana a empresa trará toda sua logística para Manaus e montará um escritório aqui.  O processo de seleção dos monitores deverá começar após a instalação deles. Estamos com ótima expectativa”, disse Henrique André dos Santos, presidente da Aglavam.

A associação tem 600 ‘flanelinhas’ cadastrados, mas apenas 200 deverão ser incorporados ao sistema. Eles trabalharão como monitores de estacionamento em 20 ruas do Centro. “A gente ainda vai sentar com a empresa para conversar como será feito esse contrato, porque queremos um contrato diretamente ativo e não experiência de três meses. Eu concordo com essa mudança no sistema de estacionamento, porque agora sei que vamos ter nossos direitos garantidos”, avaliou Henrique André.

Funcionamento

Inicialmente, o Zona Azul foi projetado para funcionar em 48 ruas de Manaus, sendo 37 no Centro e outras 11 nos conjuntos Vieiralves e São Geraldo, ambos na Zona Centro-Sul. A permanência máxima de cada veículo por vaga será de duas horas e o valor pago deve ser de R$ 2,45 a hora. Pelo projeto, o Zona Azul deverá ter 3,7 mil vagas.

A concessão pela exploração do serviço será de 10 anos e as primeiras vias a terem o serviço serão as avenidas Lourenço da Silva Braga, Eduardo Ribeiro e Joaquim Nabuco e as ruas Ramos Ferreira e Luiz Antony. Os veículos poderão permanecer estacionados por até, no máximo, três horas consecutivas nas vagas do sistema de estacionamento rotativo. O sistema funcionará entre 8h e 18h de segunda a sexta e aos sábados das 8h às 17h e aos domingos e feriados não haverá cobrança.

Por Michelle Freitas

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir