Sem categoria

Sindicato dos Rodoviários entra com ação para derrubar liminar contra a greve

O STTRM deve entrar ainda nesta quinta-feira (11) com uma ação na Justiça para tentar derrubar a liminar – foto: Alberto César Araújo

O STTRM deve entrar ainda nesta quinta-feira (11) com uma ação na Justiça para tentar derrubar a liminar – foto: Alberto César Araújo

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Manaus (STTRM) deve entrar ainda nesta quinta-feira (11) com uma ação na Justiça para tentar derrubar a liminar da desembargadora e presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), Maria das Graças Alecrim Marinho, que multa o sindicato em R$ 200 mil caso deflagrem greve.

A informação foi divulgada pelo vice-presidente do STTRM, Josildo Oliveira, que destacou a intenção de fazer greve caso os empresários do transporte coletivo não paguem o reajuste da categoria. “Vamos recorrer da decisão para tentar suspender essa liminar. Ninguém quer greve, mas caso não paguem o que devem teremos que fazer greve”, disse.

Josildo explicou que em todas as conversas com os empresários, foi justificada por eles a falta de pagamento por parte do governo e da prefeitura, e que com esse pagamento é que os empresários poderão pagar os trabalhadores.

“O que os empresários contam nas reuniões é que o governo e a prefeitura devem quase R$ 20 milhões para eles. Mas eles têm que entender que não temos nada com isso, porque trabalhamos para os empresários e não para o governo ou prefeitura”, destacou.

O vice-presidente do STTRM destacou ainda que os trabalhadores não estão recebendo horas extras trabalhadas, e que o pagamento do beneficio social no valor de R$ 704 está sendo feito em nove parcelas.

Por Michelle Freitas (Equipe do AGORA)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir