Cultura

Shoppings de Manaus trazem museu de cera Dreamland e a história do boto-cor-de-rosa

Ao longo da exposição, o visitante pode ver de perto réplicas de estrelas da música, como Michael Jackson - foto:

Ao longo da exposição, o visitante pode ver de perto réplicas de estrelas da música, como Michael Jackson – foto: divulgação

Duas grandes exposições em dois shoppings de Manaus estão chamando a atenção do público, sendo um na Zona Norte e outro na Zona Centro-Sul.

No Manauara Shopping, o público poderá conferir até o dia 24 de abril a exposição internacional Museu de Cera Dreamland, do grupo Sonae Sierra Brasil.

Os visitantes poderão conferir 42 réplicas de grandes personalidades como o cantor Michael Jackson, o presidente dos Estados Unidos Barack Obama e até mesmo o Papa João Paulo II.

Inédita em Manaus, a exposição reúne peças produzidas em ateliês na França e na Inglaterra, e com uma novidade, três novos personagens passam a integrar o acervo: o atleta Usain Bolt e os famosos heróis da franquia ‘Os Vingadores’, Thor e Capitão América.

“Essa é uma oportunidade única de ver um tipo de exposição que jamais tece em Manaus. Com essa atividade, reforçamos nossas opções de lazer aliados à cultura”, explica o superintendente do shopping, Rodrigo Galo.

A exposição funciona em um espaço de 600 metros quadrados, no piso Tucumã, em frente ao restaurante Tokai, de segunda a sexta-feira, das 15h às 21h15. No sábado, das 13h às 21h30. E domingos e feriados das 13h às 20h20.

Às segundas-feiras, os ingressos custarão R$ 16. De terça a sexta-feira o valor será de R$ 21. Aos sábados, domingos e feriados, a entrada para a exposição custará R$ 26. Todos os valores são para meia-entrada (mediante comprovação do benefício). Menores de 4 anos de idade não pagam (acompanhados de adulto pagante).

Grupos formados por três ou mais pessoas pagam o valor de meia-entrada, desde que adquiram os ingressos e entrem juntos. É necessário apresentar documento de identidade na entrada da exposição.

Já o shopping Via Norte, apresenta  exposições sobre a história do boto-cor-de-rosa.

A exposição faz parte da programação do ‘Mês dos Animais’ do shopping, que no último final de semana teve uma feira para adoção de cães e gatos. A amostra acontece no segundo piso do centro de compras, das 10h às 22h, onde o público pode conhecer melhor  as três espécies de boto, incluindo o recentemente descoberto boto do Araguaia, o tucuxi.

Na exposição, o visitante encontrará imagens de botos vermelhos em igarapés e igapós e a ação predadora de pescadores, que usam os mamíferos aquáticos como isca para a pesca do piracatinga. Recentemente, esse tipo de pesca foi suspenso até a conclusão de estudos sobre os efeitos para na saúde do consumidor e os impactos sobre as populações de botos.

“Tentamos mostrar nessa exposição que o boto vale mais vivo do que morto ajudando a promover interações positivas entre o seres humanos e os botos-vermelhos. Melhorando a renda de comunidades locais com atividades de ecoturismo, assim como inclusão social, em parceria com o Instituto Anahata que promove a ‘Bototerapia’ com crianças e adolescentes”, informa a coordenadora do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Denize Duran.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir