Esportes

Shogun volta a bater Minotouro em reedição de luta histórica e é vaiado

Em reedição de confronto considerado um dos maiores da história do MMA (artes marciais mistas), o curitibano Maurício ‘Shogun’ Rua, 33, venceu o baiano Antônio Rogério ‘Minotouro’ por decisão unânime dos juízes. Em 2005, o resultado foi o mesmo em luta do ‘Pride’ (franquia de MMA).

A escolha dos juízes foi bastante contestada pelo público, que vaiou Shogun durante toda sua fala no octógono após a vitória, enquanto Minotouro teve seu nome cantado.

O primeiro assalto do combate começou com os dois lutadores se estudando bastante, arriscando-se pouco e evitando a trocação franca. Shogun encaixou chutes laterais na costela de Minotouro, mas uma sequência de socos do baiano o atingiu em cheio no rosto. Cambaleante, Shogun escorou-se na grade e fez o que pode para escapar do turbilhão de socos e joelhadas do adversário até o fim do assalto. “Fiquei muito grogue, mesmo”, disse após a luta.

Visivelmente debilitado pelos golpes sofridos, o curitibano levou a luta para o solo, na busca de uma finalização. No entanto, ele quase foi surpreendido por uma chave de perna de Minotouro.

O terceiro assalto começou com chutes melhores laterais de Shogun contra as pernas e costelas do oponente. Ele voltou a tentar derrubar Minotouro, mas foi recebido com boa defesa de quedas do baiano. Bom boxeador, o irmão de Minotauro acertou seguidos “jabs” em Shogun.

Perto do final do assalto, ele prendeu Shogun em guilhotina (tipo de chave de pescoço), que escapou com muito esforço.

Diante da recepção negativa do público à sua vitória, o curitibano deixou o octógono cabisbaixo.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir