Dia a dia

Setor infanto-juvenil da FCecon ganha festa do dia das crianças nesta sexta

Pacientes infantis em tratamento ambulatorial e dos setores de quimioterapia e internação na Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) vão participar de uma atividade comemorativa em alusão ao dia das crianças. A ação será realizada na sexta-feira (14), reunindo profissionais e familiares. A programação faz parte do cronograma que visa reforçar a Política Nacional de Humanização (PNH) no âmbito da unidade hospitalar, destacou o diretor-presidente da Fundação, cirurgião oncológico Marco Antônio Ricci.

O evento, segundo a subgerente de enfermagem da FCecon, Michele Freitas, inicia às 10h e segue até às 16h, no auditório do terceiro andar da instituição, com uma vasta programação, que inclui apresentações musicais de artistas locais, de palhaços, do grupo de animação hospitalar Rei David e com a participação de voluntárias da ONG Rede Feminina de Combate ao Câncer e de acadêmicos do curso de pedagogia da Faculdade Estácio, que desenvolvem na unidade de saúde, há alguns meses, o projeto Pedagogia Hospitalar.

Durante a atividade, brindes e lanches doados por parceiros e colaboradores, serão distribuídos. Além da enfermagem, os Departamentos de Psicologia, de Prevenção e Controle do Câncer e a Associação dos Servidores da FCecon (AsFCecon), contribuirão para o desenvolvimento das atividades na ocasião. Pacientes pediátricos oncológicos auxiliados pelo Grupo de Apoio à Criança com Câncer (Gacc), também foram convidados. A maioria com residência fixa fora de Manaus, e que procurou a capital para receber tratamento especializado na FCecon, unidade de referência no diagnóstico e tratamento do câncer na Amazônia Ocidental.

“Esse evento busca levar um pouco de entretenimento às crianças e adolescentes tratadas na Fundação. Como o tratamento oncológico, em geral, é prolongado, os pacientes e suas famílias passam muito tempo no ambiente hospitalar e essa é uma forma de integrá-los à equipe de saúde, aproximando-os e tornando o hospital um ambiente mais leve”, informou a subgerente de enfermagem.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir