Eleições 2016

Sete pesquisas devem ser divulgadas até o dia das eleições, em Manaus

Desde as convenções até hoje, 29 dias depois de ter iniciado a campanha eleitoral, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já recebeu registros de 21 pesquisas eleitorais de intenção de votos para os cargos de prefeito e vereador na cidade de Manaus de várias empresas do ramo. Desse total, 14 já tiveram seus percentuais divulgados e outras sete sairão até o dia da eleição.

O limite de pesquisas permitidas pelo TSE é de 100 registros e o requerimento das empresas junto ao tribunal é feito estritamente eletrônico, via internet, por meio do sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais (PesqEle), desenvolvido pelo TSE, onde as entidades deverão obrigatoriamente cadastrar-se eletronicamente na Justiça Eleitoral.

No decorrer da história das eleições, as pesquisas de intenções de votos acabaram sendo incorporadas ao sistema eleitoral e ao status quo da disputa entre os candidatos, tornando-se um termômetro interno e externo para partidos políticos avaliarem suas campanhas e para os eleitores analisarem as chances de o candidato de sua preferência vencer.

Cada empresa adota um determinado critério de captação das entrevistas para realização da pesquisa. O instituto Ibope Inteligência Pesquisa e Consultoria, por exemplo, conforme no TSE, possui dois registros de pesquisa junto à Justiça Eleitoral: um resultado já divulgado no dia 24 de agosto e, o outro, está previsto para sair depois de amanhã. A metodologia do Ibope procura ser mais rigorosa no sistema de controle, com uma estrutura de questionário mais ríspido. A abordagem com entrevista é mais tensa e aprimorada, e tem um padrão internacional que perguntam não somente sexo, idade, escolaridade, mas também, o ramo de atividade e grau de ocupação da pessoa.

Proprietário da D.M. Duarte, o publicitário Durango Duarte tem três pesquisas eleitorais registradas, sendo que duas já foram divulgadas nos dias 17 de julho e 16 de agosto. A terceira será divulgada no dia 23 de setembro, segundo adiantou Duarte e, ele ainda planeja solicitar o registro de uma quarta pesquisa, a ser divulgada dois dias antes do pleito, 30 de setembro.

Segundo o empresário, as próximas pesquisas terão metodologia e questionário bastante simples, com eleitores residentes na área urbana da cidade, nos diversos pontos de fluxos previamente selecionados, nos bairros sorteados para compor a amostra. Serão realizadas mil entrevistas com ponderação para as variáveis sexo e idade por reproduzir a proporção dos números. “Se o TRE diz que no Amazonas, em Manaus tem 1,2 milhão de eleitores e 53% é do sexo feminino e 47% é do sexo masculino, a minha empresa vai entrevistar mil pessoas, e 530 vou entrevistar mulheres e 473, serão com homens, tudo de acordo com o percentual”, disse.

Avaliando a campanha eleitoral, Durango salienta que a Legislação Eleitoral, ao inibir a doação de empresas, ocasionou em uma redução de captação de recursos bem próximo do zero. Ficando focadas mais nas plataformas de mídias. “É uma campanha de propaganda comercial e não eleitoral, porque são de 30 segundos, chegando até 1 minuto. As regras eleitorais mudaram o padrão, porém a liturgia continua a mesma. Com os primeiros dez dias, todos tentam passar ideias propositivas, como paz e amor, pedindo votos e se apresentando. Nesses últimos 15 dias, passou ser de tom mais agressivo, não há mais o paz e amor e começa os ataques e agressividades”.

A empresa DMP Design Marketing e Propaganda do empresário e jornalista Ronaldo Tiradentes, possui sete pesquisas registradas, sendo cinco divulgadas e duas para serem publicadas hoje e na sexta-feira (16). A metodologia da pesquisa realizada pela DMP é quantitativa com utilização de questionário estruturado e amostragem probabilística simples, com efetuação de entrevistas pessoais em pontos de fluxo populacional, obedecendo ao regime de quotas por densidade eleitoral das regiões, sexo, idade, grau de instrução e nível econômico. Desta forma, assegura a representatividade de todos os segmentos sociais da população em qualquer Estado, sendo incluídas na amostra as zonas geográficas descritas no questionário.

O analista político, Afrânio Soares, proprietário da AF Soares Marketing e Pesquisas de Mercado tem apenas uma pesquisa registrada no TSE, que já foi divulgada no dia 24 de agosto. Procurado pela reportagem, ele revelou que vai registrar uma outra pesquisa no Tribunal Regional Eleitoral na última semana da eleição, contendo a mesma metodologia que as pesquisas anteriores. “Quantitativa, descritiva, transversal, pesquisa de campo, realizando entrevista direta, com analises de normalidade e multivariadas”, ressaltou.

Afrânio avalia essa eleição bastante pesada e reduzida por conta da minirreforma eleitoral. “Ela está sendo curta e intensa e o que eu estou vendo é uma grande competitividade pelos candidatos, pelos os resultados das pesquisas em que todos indicam ir para o segundo turno que para mim, é inevitável. Não há possibilidade de não haver segundo turno”, finalizou.

Outras oito pesquisas registradas neste período no TRE estão divididas entre vários institutos: duas da Editora Ana Cássia, que edita o jornal Diário do Amazonas já publicadas nos dias 21 de julho e 1º de setembro; quatro da empresa Pontual Pesquisa, do empresário Eric Barbosa, divulgadas nos dias 27 de julho, 15 e 28 de agosto e, a quarta, será publicada na próxima sexta-feira (16); e outras duas sondagens foram publicadas no dia 24 de agosto, realizada pela Tacutu Serviços de Pesquisa, sendo uma para prefeito e outra para vereador de Manaus.

As pesquisas poderão ser divulgadas até o dia da eleição, conforme prevê o calendário eleitoral.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir