Cultura

Sesc/AM anuncia financiamento de novos projetos culturais

Imagem captada pela fotógrafa maranhense compôs exposição 'Meninice', sediada em Manaus, em maio deste ano, no 'Amazônia das Artes'- foto: divulgação/Suzana Melo

Imagem captada pela fotógrafa maranhense compôs exposição ‘Meninice’, sediada em Manaus, em maio deste ano, no ‘Amazônia das Artes’- foto: divulgação/Suzana Melo

Com um orçamento de R$ 1,5 milhão para 2016, o Serviço Social do Comércio (Sesc) planeja realizar os eventos culturais do projeto Amazônia das Artes em duas etapas para viabilizar os espetáculos. As apresentações envolvem shows em dez Estados da região. A fim de manter o mesmo orçamento deste ano, o Sesc deve programar os eventos para períodos de baixa temporada turística. A intenção é fugir dos preços altos de passagens aéreas, hospedagem e alimentação. O Amazônia das Artes promove intercâmbio cultural entre artistas da Amazônia Legal e, no próximo ano, entra na nona edição.

Medidas para reduzir despesas e garantir as apresentações estão sendo debatidas em Manaus entre artistas do Amazonas, Roraima, Amapá, Acre, Rondônia, Mato Grosso, Maranhão, Piauí, Tocantins e Pará. “O projeto é importante para fortalecer a produção cultural realizada no Norte. O grupo selecionado vai para todos os Estados se apresentar, trocar experiências e difundir a produção artística. Eles passam três dias em cada local”, disse o coordenador de Cultura do Sesc, Aldenir Barros.

São 12 projetos culturais que serão financiados. Os selecionados serão anunciados no final deste mês. “Queremos, pelo menos, manter o R$ 1,5 milhão que foi investido este ano”, afirma Barros.

A intenção é promover as apresentações nos meses de maio e agosto. “Este período é de baixa temporada. Tanto as passagens aéreas, quanto hospedagens estão com preços mais baixos. Temos em nossa região um fator complicado que é o custo amazônico, aqui os valores de passagem, hospedagem e alimentação são mais elevados que em outras regiões do país”, diz Barros. O programa envolve trabalhos das áreas de teatro, dança, música, artes visuais, cinema e literatura. Pelo menos uma produção será selecionada para representar cada Estado. “Temos nos reunidos com representante de cada Estado que pretende visualizar os espetáculos para que eles defendam suas propostas. Ao final, haverá a votação e a seleção”, explica.

De Manaus foram pré-selecionados 20 trabalhos artísticos ao longo deste ano. “Nosso processo não envolve edital. Temos uma curadoria técnica que capta as produções que estão sendo exibidas durante o ano de 2015. O Sesc que vai atrás”, diz Barros.

O projeto começou a ser desenvolvido em 2007, com a escolha do nome no encontro de diretores regionais e técnicos de cultura, realizado no Tocantins. Em 2008, foi realizada a primeira edição.

Em 2015, um dos projetos que receberam o apoio do Sesc, pelo projeto Amazônia das Artes, foi a exposição fotográfica ‘Meninice’, com imagens da fotógrafa e arte-educadora Suzana Melo, que trazia registros do cotidiano de crianças em uma zona rural do Maranhão. A mostra aconteceu em maio, na galeria Moacir Andrade, na sede do Sesc do Centro, em Manaus.

Por Ive Rylo

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir