Economia

Servidores públicos federais do AM aderem a ato público nacional por campanha salarial

O ato realizado hoje teve como objetivo maior  pressionar o governo sobre a mudança na proposta feita aos servidores – foto: Gerson Freitas

O ato realizado hoje teve como objetivo maior pressionar o governo sobre a mudança na proposta feita aos servidores – foto: Gerson Freitas

Acompanhando movimento nacional, servidores públicos federais do Amazonas realizaram na manhã desta quinta-feira (6), na Praça do Congresso,  Centro, um ato público para contra a proposta do governo m relação às pautas da campanha salarial 2015.  Além de Manaus, a mobilização dos servidores federais ocorre também em outros municípios do Amazonas, assim como pelo país a fora.

O secretário geral do Sindicato dos Servidores Públicos Federais do Amazonas (Sindsep-AM), Walter Matos, disse que o ato realizado hoje teve  como objetivo maior  pressionar o governo sobre a mudança na proposta feita aos servidores,  antes do fechamento do orçamento federal, que acontece no próximo dia 21 de agosto.

Na ocasião, Walter ressaltou que em fevereiro desde ano foi protocolado a pauta de reivindicações dos servidores. Durante esses seis meses de campanha salarial, foram realizados cinco atividades nacionais. Neste intervalo, o governo apresentou uma proposta de reposição salarial de 21.3%, parcelado em quatro anos, o que desagradou os trabalhadores.

O sindicalista explicou que no período de 2010 a 2015, a classe acumulou um déficit salarial com o governo de 27.3%, a porcentagem que está sendo trabalhada na campanha salaria deste ano da classe.

“Nós até aceitaríamos esse reajuste de 21.3%, desde que o governo parcele em apenas dois anos e não em quatro como foi apresentado na proposta feita por eles. Além de tudo, o governo coloca uma cláusula no acordo, que isenta o sindicato a fazer qualquer coisa neste período de quatro anos, ou seja, estaríamos de mãos atadas para mobilizar a categoria, e isso não aceitaremos”, salientou.

Matos destacou ainda que o ato público realizado em âmbito nacional é um incentivo para que os primeiros passos sejam dados nas atividades que irão marcar a reunião com a presidente Dilma, prevista para acontecer  no próximo dia 15, em Brasília,  onde aproximadamente 1,5mil sindicalista irão apresentar melhorias no setor.

Por Gerson Freitas

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir