Economia

Servidores protestam contra privatização da Eletrobras

No ato estavam presentes 500 pessoas que não concordam com a privatização - foto: Márcio Melo

No ato estavam presentes 500 pessoas que não concordam com a privatização – foto: Márcio Melo

 

Com faixas, apitos, e carro de som o Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Urbanas do Estado do Amazonas (STIUAM), e a Central Única dos Trabalhadores (CUT), protestaram contra a proposta de privatização da concessionária Eletrobrás Amazonas Energia. A concentração ocorreu na Praça de São Sebastião e os manifestantes seguiram pelas Avenidas 10 de Julho, Getúlio Vargas e Sete de Setembro, até à avenida Eduardo Ribeiro com Saldanha Marinho, durante toda a manhã desta quarta-feira (27), no Centro de Manaus.

Segundo o presidente do Stiuam, Ediney Martins, no ato estavam presentes 500 pessoas que além de não concordarem com a privatização, estão contra a precarização dos serviços, acidentes e mortes de trabalhadores, apagão no interior, e demissões em massa.

Ainda conforme o sindicalista, além do Amazonas, outros estados estão em paralisação e protestos contra a privatização da estatal. “No final de 2015 alguns setores do governo federal e o ministério de Minas e Energia propuseram a privatização, e o governo publicou um ato para os acionistas afirmando que venderia a empresa em 2016. Nós somos totalmente contra, pois as empresas buscarão apenas ter lucro e a conta de energia poderá subir muito. Queremos uma luz de qualidade com um preço baixo. O interior vai ficar no escuro, porque se privatizar só o distrito vai ser visto”, afirmou.

Em nota oficial a Eletrobrás Distribuição Amazonas informou que manteve o fornecimento de energia elétrica regular em todo o Estado, reiterando o seu compromisso com a população do Amazonas em oferecer energia segura e de qualidade, contribuindo para o bem-estar de seus clientes e o desenvolvimento econômico da região.

Por Asafe Augusto

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir