Sem categoria

Servidores da AM Energia decidem se continuam em greve, na próxima segunda

Em greve desde o dia 1º, os servidores dizem que população teve sorte em não ter sido afetada pela paralisação, que se concentrou principalmente no departamento de manutenção – foto: Alberto Cesar

Em greve desde o dia 1º, os servidores dizem que população teve sorte em não ter sido afetada pela paralisação, que se concentrou principalmente no departamento de manutenção – foto: Alberto Cesar

Em greve há três dias, os servidores da Eletrobras Amazonas Energia decidem na próxima segunda (8), em assembleia, se continuam ou não de braços cruzados. Tudo vai depender da recepção da categoria em relação à proposta oferecida pela direção da estatal.


Segundo o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas do Estado do Amazonas (STIU/AM), dos 1.300 trabalhadores lotados no Estado, em torno de 70% resolveram parar – especialmente os operadores de máquinas –, em nome da Participação de Lucros e Resultados (PLR) de 2014.

O movimento acontece no Brasil inteiro coordenado pela Federação Nacional dos Urbanitários (FNU). A reunião entre a direção da estatal e os sindicalistas aconteceu nesta última terça-feira (2), em Brasília e terminou com um pré-acordo acertado verbalmente para que se ponha fim à greve, deflagrada no dia anterior.

Segundo o presidente do STIU/AM, Ednei Martins, a proposta ainda deve ser oficializada, com um documento que chega à Manaus nesse fim de semana.

“O que propuseram para gente ainda não é bem o que reivindicamos, mas como está muito próximo do que ofereceram na última negociação, decidimos avaliar a proposta”, comentou, sem entrar em detalhes da proposta.

Com a notícia da proposta da Eletrobras, a partir da meia noite desta quinta (4), todos os operadores voltarão a atuar normalmente. Os demais serviços como manutenção continuam paralisados por completo até a decisão de fim da greve. Caso a proposta sejar aprovada pela maioria dos trabalhadores, os servidores voltam a trabalhar no mesmo dia, normalmente.

‘Por um fio’

Em nota dada na última segunda-feira (1), a Eletrobras Amazonas Energia informou que a operação do sistema de distribuição, as equipes de plantão, o funcionamento das Lojas de Atendimento e o serviço de Call Center (0800 701 3001) terão funcionamento normal e não serão afetados pela paralisação dos colaboradores.

Ednei Martins ressaltou ao EM TEMPO Online, no entanto, que a população teve sorte de o movimento grevista não ter causado interrupções no serviço. “Até o momento o abastecimento não foi prejudicado porque o serviço de parte dos operadores foi mantido e não houve imprevisto que necessitasse do serviço de manutenção, que está totalmente parado. Se a greve continuar, terão sim prejuízos, pois uma hora algo vai acontecer, um poste vai cair com a chuva, uma máquina vai quebrar. Se a greve continuar, não terá quem faça essas manutenções”, avisou.

A assembleia dos servidores será realizada na frente da sede da estatal, situada na avenida Sete de Setembro, Centro de Manaus, a partir das 8h30 da próxima segunda-feira (8).

Com informações de Joandres Xavier (especial EM TEMPO Online)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir