Economia

Serasa Experian: empresas reduzem busca por crédito em mais de 12%

As empresas instaladas no Brasil diminuíram em 12,2% a busca por crédito, no último mês de fevereiro, comparado ao mesmo mês do ano passado, segundo mostra a pesquisa do Indicador Serasa Experian de Demanda das Empresas por Crédito. Na comparação com o mês anterior, no entanto, a demanda subiu 4,7%. No acumulado do ano em relação ao mesmo período de 2015, a procura recuou 11,7%.

Em fevereiro, as empresas de médio porte foram as que mais reduziram a procura (-21,8%), na comparação o mesmo período do ano passado. Em seguida, estão as grandes companhias (-18%) e micro e pequenas empresas (-11,6%). Já entre janeiro e fevereiro, as micro e pequenas empresas lideram com aumento de 4,9% na demanda; as empresas de médio porte indicaram alta de 0,7% e as grandes, uma redução de 0,4%.

Por setor, a maior queda na demanda anual foi na indústria (-13,9%), seguida pelo comércio (-12,2%) e serviços (-11,7%). O Centro-Oeste do país foi a região com o recuo mais expressivo (-13,9%). No Sudeste, a procura caiu em 13,2%; seguido do Nordeste (-10,6%); Norte (-10,4%) e Sul (-9,9%).

Na virada de janeiro para fevereiro, o segmento industrial apresentou crescimento de 4,1%; o comércio 6,3% e os serviços 3%. A região Norte foi a que mais buscou crédito (4,7%); no Sudeste e Sul a procura cresceu 4,5%; no Centro-Oeste (6,1%); e no Nordeste (6,2%).

Em nota, os economistas da Serasa Experian afirmaram que “o aprofundamento da recessão econômica, o elevado grau de incerteza e as taxas de juros dos empréstimos cada vez mais elevadas, tem impactado negativamente a procura das empresas por crédito”.

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir