Política

Serafim quer informatização de processos legislativos

De acordo com o parlamentar, a ideia é dar maior transparência, velocidade, integração e respeito à cidadania - foto: divulgação/ Marcelo Araújo

De acordo com o parlamentar, a ideia é dar maior transparência, velocidade, integração e respeito à cidadania – foto: divulgação/ Marcelo Araújo

Alegando que a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) ainda está no século passado, o deputado Serafim Corrêa (PSB) voltou a pedir que a casa adote inteiramente o sistema digital e informatize os processos legislativos na internet.  De acordo com o parlamentar, a ideia é dar maior transparência, velocidade, integração e respeito à cidadania.

“O Poder Legislativo, que é  um poder de vanguarda e onde todos estão representados, precisa evoluir. Ainda estamos no século 20, quando nós já chegamos ao século 21. Século da era digital, do conhecimento, da transparência. É isso que defendo desde que cheguei aqui na Casa”.

O sistema  inteiramente digital já é utilizado na Câmara dos Deputados há 20 anos, no Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam)  foi adotado em 2014 e na Câmara Municipal de Manaus (CMM) em 2013,

“Não vejo nenhuma razão para que a Assembleia não informatize o seu processo legislativo. Se isso fosse feito, a sociedade, a imprensa, os partidos políticos etc., teriam acesso aos projetos de lei e isso facilitaria a vida de todo mundo. Nós (Aleam) continuamos  exatamente como éramos há 20 anos”.

O deputado salientou que vem pedindo a mudança desde o ano passado, mas como ela não ocorreu ainda, solicitou que ao menos a pauta seja distribuída com antecedência.

“Precisamos que seja disponibilizada na internet um dia antes, para sabermos exatamente sobre o que vamos votar. A segunda coisa é que os deputados tenham acesso ao inteiro teor dos projetos que vão ser votados naquela sessão, antecipadamente, e que os projetos a serem votados, sejam disponibilizados na íntegra”, defendeu.

Com informação da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir