Política

Senadores articulam criar bancada da Amazônia

Senador Paulo Rocha (PT-PA) quer reunir congressistas da Região Norte na bancada da Amazônia para defender interesses regionais - foto: divulgação

Senador Paulo Rocha (PT-PA) quer reunir congressistas da Região Norte na bancada da Amazônia para defender interesses regionais – foto: divulgação

Em defesa aos interesses dos Estados da Região Norte, na próxima terça-feira, parlamentares do Amazonas e de Estados vizinhos se reunirão em Brasília para definir detalhes da criação da Bancada da Amazônia. O encontro entre senadores de todos os Estados nortistas está marcada para às 14h (horário de Brasília), já para definir a coordenação da bancada e pautar os pontos em comum que afetam a população do Norte.

A ideia da formação da “colisão nortista” surgiu na última quarta-feira durante uma conversa informal entre os senadores, momentos antes de reunirem-se com o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP), para protestar contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 87/15), que quer reduzir os investimentos de empréstimos, prorrogando a desvinculação de Receitas da União (DRU) – mecanismo de realocação de receitas federais – até 31 de dezembro de 2023.

O senador petista Paulo Rocha, do Pará, foi quem sugeriu a união dos parlamentares da região amazônica, na formação de um grupo para lutar pelas necessidades em comum de cada Estado. “Durante a conversa tivemos a ideia de articular a bancada para cuidar dos interesses da região. Tanto pontos em comum, como especificidades de cada Estado. É importante unirmos forças para cuidar do que é nosso”, defendeu Rocha.

A ideia dele é que a bancada seja composta não somente por senadores, como também por deputados federais de todos os sete Estados da Região Norte. “Acho importante que a liderança seja compartilhada entre dois senadores e um deputado federal”, afirmou Paulo Rocha, que acrescentou que deverá responder pela liderança, junto com mais dois parlamentares.

Apesar de especulações apontarem que o senador Omar Aziz (PSD) poderia também estar à frente da nova bancada, a informação não foi confirmada pelo senador paraense. Ele explicou que somente após a reunião, poderá divulgar os nomes dos representantes.

O coordenador da bancada do Amazonas no Congresso Nacional, Omar Aziz (PSD), viu na sugestão do parlamentar petista uma importante ferramenta na luta dos interesses amazônicos. “Será no mesmo modelo da bancada do Amazonas. Vamos respeitar as diferenças de cada um, os interesses próprios de cada Estado. Mas vamos trabalhar os pontos comuns, independentemente de partido. Vai ficar muito mais difícil aprovarem algo no Senado que atinja os interesses da Amazônia se a bancada estiver unida”, ressaltou.

A senadora Sandra Braga (PMDB) também apoia a criação da bancada, e salientou que a união das forças é importante para defender as questões da região. “Entre essas questões estão a aviação regional, a necessidade de políticas públicas adequadas à região (como oferta de serviços de saúde e educação que atendessem os amazônidas que vivem fora das cidades), melhoria dos serviços de energia e telecomunicações (telefonia fixa e móvel, internet), combate ao desmatamento ilegal, entre outras”, especificou Braga.

Por Ive Rylo

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir