Política

Senado pede à PF para investigar vazamento de delação de Machado

A Mesa Diretora do Senado, integrada por dois investigados na Operação Lava Jato, usou a advocacia do Senado para protocolar na Polícia Federal um pedido de abertura de inquérito contra o vazamento do conteúdo da delação do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado.

O documento, com data de quinta-feira (23), é endereçado ao diretor-geral da PF, Leandro Daiello, e reclama que o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o senador Romero Jucá (PMDB-RR), segundo vice-presidente da Casa, foram atingidos pelo vazamento.

A advocacia do Senado afirma que foi cometido crime de desrespeito ao sigilo da colaboração premiada e pede uma investigação para chegar aos responsáveis.

O próprio procurador-geral da República, Rodrigo Janot, já havia determinado à PF que apurasse o episódio.

“Resta, portanto, imprescindível a apuração da autoria do delito, independentemente de quem o tenha praticado”, diz trecho da representação, assinada pelo advogado-geral do Senado, Alberto Cascais.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir