Dia a dia

Semana da Pessoa com Deficiência começa com missa em Manaus

 As ações da semana iniciaram com uma missa na Igreja Nossa Senhora das Mercês, no conjunto Eldorado – foto: Cleomir Santos / Semed

As ações da semana iniciaram com uma missa na Igreja Nossa Senhora das Mercês, no conjunto Eldorado – foto: Cleomir Santos / Semed

Um clamor em favor da inclusão. Com esse objetivo, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) deu início, na manhã desta segunda-feira (22), a uma série de atividades em alusão à Semana Nacional da Pessoa com Deficiência, comemorada de 21 a 28 de agosto. Ao todo, a rede municipal atende 3.953 alunos com deficiência, e até a próxima sexta-feira (26) promoverá ações sobre a temática.

Segundo a chefe da gerência de educação especial da Semed, Reni Formiga, a secretaria celebra a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência desde 1993. O intuito, segundo ela, é chamar a atenção da sociedade para a importância de abraçar essas pessoas e promover a elas a possibilidade de se sentirem inseridas.

“Queremos mostrar para a sociedade a capacidade deles, a competência e principalmente acabar com o preconceito, acabar com as barreiras e paradigmas. Além disso, queremos mostrar que eles têm direito de estar nas escolas”, afirmou.

As ações da semana foram iniciadas com uma missa na Igreja Nossa Senhora das Mercês, no conjunto Eldorado. Pais, alunos e professores celebraram a vida com cânticos e louvores a Deus. A dona de casa Fabiana Nascimento é mãe de Isaac Victor, 12, que é autista. Ela afirma que a atividade é uma ação de reconhecimento e respeito às pessoas deficientes.

“A Semana do Deficiente é algo que não dá nem para explicar. Só o fato de haver respeito e ter ações voltadas para as crianças é maravilhoso. Como mãe eu me sinto privilegiada, porque meu filho é respeitado, e isso é o mais importante, afinal eles são cidadãos também”, observou.

Emoção

A autônoma Sandra Nogueira esteva na abertura da Semana da Pessoa com Deficiência ao lado de sua filha Celeida, 28, que tem deficiência intelectual (DI) e estuda no Complexo Municipal de Educação Especial André Vidal de Araújo. Ela acredita que as atividades são uma homenagem aos pais que lutam no dia a dia para promover uma vida normal para seus filhos.

“Essa semana representa um pouco do que fazemos no dia a dia, da nossa luta pelo melhor dos nossos filhos. Se eu pudesse pedir algo à sociedade eu pediria que não discriminasse. A discriminação é muito ruim e não ajuda”, disse com lágrima nos olhos.

Sandra deixou ainda um recado aos pais de pessoas com deficiência. “A escola ajuda muito, muito mesmo. Quem tem um filho em casa leve para escola. Lá nós temos profissionais que se formaram para nos ajudar. Minha filha está na rede desde 2001 e já avançou muito na parte intelectual”, concluiu.

Programação

Nesta terça-feira (23) haverá um Seminário de Educação Especial no auditório da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), localizada à frente da Semed, onde será abordada a temática do transtorno do espectro autista (TEA). Na quarta-feira, (24) serão realizadas atividades nas escolas da rede municipal de ensino, chamando a atenção da comunidade sobre os direitos da pessoa com deficiência.

Para finalizar, na quinta e sexta-feira, dias (25) e (26), será a vez do Workshop no Manaus Plaza Shopping, onde os alunos apresentarão as atividades desenvolvidas na escola, como dança, artesanato e jogos adaptados. A ação é a mais aguardada pelos estudantes, uma vez que eles se sentem felizes com a plateia lhes prestigiando.

“Para eles representa muito, porque se trabalha a autoestima. Quando eles estão apresentando trabalhos, fazendo coreografias, isso eleva a autoestima e eles se sentem muito mais capazes”, observou Reni Formiga.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir