Dia a dia

Semana da Pátria: desfile cívico deve contar com sete mil estudantes, divulga Seduc

O calendário de atividades cívicas terá início, em todo o Amazonas, a partir desta quinta-feira (1º). As atividades realizadas por estudantes de todo o estado irão dar destaque aos fatos históricos da Elevação do Amazonas à Categoria de Província e da Independência do Brasil apresentando o tema ‘Educação transformando a vida das pessoas no Amazonas’.

A abertura oficial acontece na quinta-feira, com a Cerimônia da Bênção do Fogo Simbólico da Pátria, às 7h30 na Igreja Nossa Senhora do Sameiro, na avenida Coronel Teixeira, Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus. Logo em seguida, será realizada a Corrida do Fogo Simbólico da Pátria, com saída da igreja às 8h15 com destino ao Complexo Ponta Negra (próximo ao posto da Guarda Municipal), onde, às 9h, acontece a Solenidade de Abertura da Semana da Pátria e do Amazonas 2016.

No dia 5 de setembro, às 7h30, acontece a Homenagem Póstuma a João Baptista de Figueiredo Tenreiro Aranha (1º presidente da Província do Amazonas). A solenidade será na Praça 5 de Setembro (Praça da Saudade). Às 10h, no Centro Cultural Palácio Rio Negro, acontece o Cumprimento do Corpo Consular do Amazonas ao Governador do Estado.

Desfile escolar

Com aproximadamente sete mil estudantes, da rede estadual e municipal de ensino, bem como alunos da rede privada, como o Centro Educacional Batista Canaã, alunos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (Ifam) – Campus Zona Leste, dos Desbravadores Ministério Jovem da Igreja Adventista do Sétimo Dia e alunos-militares do Colégio Militar de Manaus e dos Colégios da Polícia Militar do Amazonas da Rede Estadual de Ensino vão abrilhantar os desfiles, com início programado para às 17h do dia 5 de setembro. Como acontecem tradicionalmente, os desfiles serão no Centro de Convenções – Sambódromo.

No total, 15 pelotões vão passar “avenida do samba”, abrindo os desfiles com o pelotão Educação Especial, com a Coordenadoria Distrital de Educação 1; E.E. Manoel Marçal; E.E. Diofanto Vieira Monteiro; E.E. Augusto Carneiro dos Santos; Secretaria Municipal de Educação de Manaus (Semed); Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae); Abrigo Moacir Alves; Associação Futuristas do Amazonas; Colégio Brasileiro Pedro Silvestre; Colégio Amazonense Dom Pedro II; Bandeiras das Escolas da Coordenadoria Distrital de Educação 1; Frei Silvio Vagheggi (Fanfarra) e Equipe da CDE 01 e Gestores Escolares.

Fechando o desfile escolar, vem os Colégios da Polícia Militar do Amazonas da Rede Estadual de Ensino, com aproximadamente 3 mil alunos, divididos entre o grupo Suçuarana, Programa da PM Formando Cidadão, Colégio da Polícia Militar de Petrópolis e os CMPMs Marcantônio Vilaça II; Waldocke Fricke de Lira; Áurea Pinheiro Braga; Eliana de Freitas Moraes e Evandro Carreira.

No dia 6 de setembro, às 9h, na praia da Ponta Negra, acontece o Desfile Naval. No feriado do dia 7 de setembro, às 8h15, coordenado pelo Comando Militar da Amazônia (CMA) e com apoio da Secretaria e Estado da Educação e Qualidade do Ensino (SEDUC) e Cerimonial do Governo do Estado, será realizado o Desfile Militar. O Desfile Militar também será no Centro de Convenções – Sambódromo.

Encerrando as festividades de Semana da Pátria e do Amazonas, a solenidade do Abafamento do Fogo Simbólico acontece no Complexo Ponta Negra, às 17h, e será coordenada pela SEDUC e Maçonaria.

Programacao-Desfile

Homenageados

Neste ano, três personalidades serão homenageadas. Na categoria vulto nacional será o artista Moacir Couto de Andrade, reconhecido internacionalmente pelas obras que retratavam a região amazônica e a vida ribeirinha. O artista faleceu no dia 27 de julho deste ano, aos 89 anos, vítima de complicações biliares.

Na categoria vulto estadual, a homenageada será a empresária Ritta de Cássia de Araújo Calderaro, que ficou à frente da Rede Calderaro de Comunicação até o dia de sua morte, 25 de junho deste ano, deixando uma história marcada pela luta diária de trabalho.

Na categoria mulher amazonense, a homenageada será a professora Maria das Graças Silva. Concursada da SEDUC desde 1974, ela foi professora nas escolas estaduais Santa Terezinha e Humberto de Campos. Em sua jornada como educadora, tem realizado importante trabalho em prol das crianças, jovens e indígenas do Amazonas.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir