Esportes

Seleção feminina tem estreia dura contra Noruega

Campeã mundial em 2013, a seleção feminina de handebol do Brasil tem uma estreia complicada nos Jogos do Rio-2016. O time nacional enfrenta a forte equipe da Noruega neste sábado (6), às 9h30, na Arena do Futuro, no Parque Olímpico.

O jogo entre duas das principais candidatas ao ouro olímpico abre a disputa do torneio. Brasileiras e norueguesas estão no Grupo A, ao lado de Angola, Espanha, Montenegro e Romênia. No Grupo B, estão Argentina, França, Coreia do Sul, Holanda, Rússia e Suécia. As quatro melhores de cada chave avançam ao mata-mata.

A Noruega é a atual bicampeã olímpica e vencedora do Mundial de 2015. É portanto, a equipe a ser batida na Rio-2016. As brasileiras, contudo, também entram como postulantes ao topo do pódio e estão preparadas para a estreia, segundo o técnico Morten Soubak.

“Estamos um pouco ansiosos, assim como as norueguesas também devem estar. Mas são duas equipes experientes e acredito que a ansiedade não vai atrapalhar ninguém. Vamos nos preparar ao máximo nesses dias que restam e tentar fazer o nosso melhor na estreia”, afirmou o treinador.

Soubak também minimizou uma possível derrota na abertura do torneio. “Não temos que pensar que é impossível perder. Não seríamos o primeiro nem o último time a perder da Noruega. Mas, claro, não estamos trabalhando pensando nisso. Vamos fazer tudo para tentar ganhar na estreia.”

Em amistoso antes da Olimpíada, o time brasileiro mostrou força e venceu a Argentina por 24 a 14. O resultado serviu para motivar ainda mais a equipe, que busca a primeira medalha olímpica do país na modalidade.

“Estou confiante e acredito que todas da equipe brasileira também estão”, afirmou a armadora Duda Amorim, um dos destaque da equipe brasileira.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir