Esportes

Seleção feminina de vôlei estreia com vitória sobre Camarões

A seleção brasileira feminina de vôlei abriu 5 a 0 no início do jogo contra Camarões e deu a impressão que as adversárias nem sequer conseguiriam passar a bola para o outro lado da rede na estreia olímpica, neste sábado (6), no Maracanãzinho.

Apesar da tranquilidade evidente do confronto entre as atuais bicampeãs olímpicas e um time semi-amador, os erros das brasileiras fizeram com que as camaronesas chegassem a esboçar festa em quadra durante alguns momentos do primeiro e segundo sets.

No final, como esperado, vitória por 3 sets a 0, com parciais de 25/14, 25/21 e 25/13, em 1h03 de jogo. A FIVB (Federação Internacional de Vôlei) considera 1h45 o tempo ideal de uma partida. As brasileiras fizeram muita festa e ensaiaram até uma volta olímpica comemorando com a torcida.

As atletas africanas foram aplaudidas pela torcida no final, mas, durante o jogo, em momentos mais equilibrados, os torcedores chegaram a vaiar as adversárias antes de alguns saques.

Com tamanha facilidade, contra a seleção que é a 28ª colocada do ranking mundial em que o Brasil é segundo, atrás dos EUA, o técnico José Roberto Guimarães pode poupar a central Thaísa, uma de suas principais armas no ataque e no bloqueio. Ela não fez alguns treinos durante a semana devido a dores na panturrilha esquerda.

Juciely foi a substituta de Thaisa no meio de rede. Adenízia jogou o terceiro set no lugar da capitã Fabiana.

A levantadora Fabíola, que deu a luz à filha Annah Vitória há menos de três meses entrou no primeiro e terceiro sets e não comprometeu durante os poucos pontos em que esteve em quadra no lugar de Dani Lins.

A maior pontuadora brasileira foi a ponteira Fê Garay, com 12 pontos. Natália fez 10.

A atleta com mais pontos na partida, porém, foi a camaronesa Moma, com 13.

A ponteira Fawziya, princesa de uma tribo em Camarões, começou bem o jogo mas depois não conseguiu ser efetiva como no primeiro set. Terminou o jogo com apenas 6 pontos. Ela é a 18ª filha de Abdoulkarim Abdourahman, rei dos Peuls (ou os fulas, se traduzido para o português) e, atualmente, atua na França.

Está foi a estreia olímpica de Camarões no vôlei. O país africano tem apenas um ginásio onde as atletas podem treinar e jogar.

O próximo jogo do Brasil inicia uma sequência de partidas noturnas da seleção. As comandadas de Zé Roberto encaram a Argentina, segunda-feira, às 22h35.

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir