Esportes

Seleção feminina de basquete vence partida e continua invicta na Copa América

A seleção brasileira volta à quadra nesta quarta-feira, às 23h45- foto: divulgação

A seleção brasileira volta à quadra nesta quarta-feira, às 23h45- foto: divulgação

A seleção brasileira feminina de basquete conquistou a segunda vitória na Copa América do Canadá. Na madrugada desta quarta-feira (12), a equipe venceu o Equador por 76 a 45, pela segunda rodada do Grupo B.

Com o resultado, o time comandado por Luiz Augusto Zanon divide a liderança da chave com a Argentina com quatro pontos. Os dois primeiros colocados se classificam para a semifinal.

A seleção brasileira volta à quadra nesta quarta-feira, às 23h45, quando enfrenta as Ilhas Virgens. Na quinta-feira, o confronto será contra a Argentina e deve definir o líder da chave.

O torneio distribui uma vaga para os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016. A seleção, porém, já tem classificação assegurada no megaevento. A vaga foi confirmada no último domingo (9) pela Fiba (Federação Internacional de Basquete).

No confronto contra o Equador, a ala Iziane foi o principal destaque da seleção brasileira. Ela foi a cestinha do jogo com 19 pontos e ainda contribuiu com seis rebotes, uma assistência e uma recuperação de bola. Outro destaque do Brasil foi Nádia Colhado que cravou um duplo-duplo (dois dígitos em dois fundamentos) de 14 pontos e 22 rebotes, além de três assistências.

“Viemos para a Copa América para fazer um bom trabalho e mostrar nosso jogo. Não fizemos um bom primeiro quarto e permitimos que o Equador jogasse. A partir do segundo período melhoramos nossa defesa e o ataque funcionou melhor. Temos que continuar melhorando e buscando o nosso melhor independente de já estarmos classificados para os Jogos Olímpicos de 2016. Contra as Ilhas Virgens precisamos impor nosso ritmo desde o início e buscar mais uma vitória”, comentou Iziane.

Na última edição do Torneio Pré-Olímpico das Américas, disputado na cidade colombiana de Neiva, em 2011, o Brasil conquistou a vaga para a Olimpíada de Londres (2012) ao vencer na final a Argentina por 74 a 33.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir