Esportes

Seleção de Dunga desiste de apenas treinar e enfrentará a Costa Rica em setembro

O técnico Dunga aceitou a Costa Rica como adversário para amistoso, e o time da América Central será o primeiro rival da seleção brasileira após o fracasso na Copa América. O cancelamento do jogo contra a Argentina em 5 de setembro, que valeria pelo Superclássico das Américas, deixou em aberto este dia na data Fifa do mês – no dia 8 já está confirmado o confronto contra os EUA, em Boston.

Como a Folha de S.Paulo publicou, a empresa que organiza os jogos da seleção, a ‘Pitch International’, ofereceu a Jamaica e a Costa Rica como opção para a data, mas inicialmente o técnico Dunga rejeitou porque esperava rivais mais fortes. Foi cogitado ficar apenas treinando entre 31 de agosto, quando os atletas se apresentam, e 8 de setembro, dia do jogo contra os Estados Unidos.

Em entrevista ao site da CBF, o coordenador de seleções, Gilmar Rinaldi, informou que será realizado um jogo em 5 de setembro, provavelmente contra a Costa Rica. A cidade dos EUA em que acontecerá não está definida.

A partida contra a Argentina foi cancelada porque a empresa que organiza o ‘Superclássico das Américas’, um jogo anual entre as rivais com o aval da Conmebol, foi incluída no escândalo de corrupção do futebol. Os executivos da Full Play estão presos acusados de pagar propinas a cartolas para receber o direito de organizar competições como a Copa América e a Libertadores.

Rinaldi revelou também que Dunga e o técnico do time sub-20 do Brasil, Rogério Micale, vão se reunir na próxima semana para definir os detalhes da convocação e treinamento da seleção olímpica (sub-23).

No dia 8 de julho, em Le Mans, os brasileiros enfrentarão a França, como preparação para a Rio-2016. Como Dunga é também o técnico do time olímpico, mas estará nos EUA com a principal, Micale ficará no banco de reservas nesse amistoso.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir