Sem categoria

Secretário da SSP-AM afirma que ‘onda de homicídios’ na capital não ficará impune

Sérgio Fontes, irá investir todos os recursos necessários para a identificação dos criminosos envolvidos nos assassinatos - fotos: Josemar Antunes

Sérgio Fontes, irá investir todos os recursos necessários para a identificação dos criminosos envolvidos nos assassinatos – fotos: Josemar Antunes

Em entrevista exclusiva ao EM TEMPO Online, na tarde desta sexta-feira (8), o titular da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), Sérgio Fontes, afirmou que irá investir todos os recursos necessários para a identificação dos bandidos que participaram da execução de pelo menos 15 pessoas, em menos de 48h, em Manaus.

Entre os casos, estão três triplos homicídios ocorridos na Zona Oeste.

Conforme Fontes, o Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai),  Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e a Polícia Militar darão todo apoio para que  a ‘onda de criminalidade’ seja exterminada.

“Nós estamos muitos entristecidos com essa situação. Não é  o que queremos para a nossa cidade. Nós vamos identificar e punir quem cometeu essas chacinas para que não voltem a cometer este tipo de crime”, garantiu.

Fontes afirmou ainda que as execuções realizadas em todas as zonas da cidade podem estar ligadas a algumas possibilidades, como a grande atuação das policias Civil e Militar na prisão de criminosos de alta periculosidade, apreensão de drogas, armas, e até mesmo, confronto entre traficantes, mas ressaltou que as  investigações já estão sendo coordenadas pelo titular da DEHS, delegado Ivo Martins.

Abuso de poder

Um vídeo circulou nas redes sociais,  ontem (7), denunciando atos de abuso de poder de três policias militares. Na ocasião, os militares abordaram três adolescentes e os agrediram fisicamente, além de praticar assédio moral. Uma adolescente de 15 anos chegou a tirar a roupa a pedido de um dos policiais, enquanto  os outros dois adolescentes eram brutalmente espancados pelos soldados.

Questionado sobre o vídeo, Sérgio Fontes,  disse que a corporação da Polícia Militar do Amazonas conta com um efetivo de 10 mil homens, e que, é inevitável, no momento, admitir este tipo de conduta. Os policiais militares já foram identificados e afastados de suas funções.

“Vamos ser rápidos na apuração e também rápidos na determinação da pena criminal, assim como na sanção administrativa”.

Punição

Ainda conforme o secretário, os policiais envolvidos podem ser presos e expulsos da corporação. A prisão dos envolvidos está sob a investigação do inquérito da Polícia Militar e a demissão por meio do processo administrativo disciplinar junto à SSP-AM, no qual os PMs irão responder.

“A informação que tivemos da PM é  de que a prisões preventivas  dos soldados já foram solicitadas e  poderão ser acatadas ou não pelo juiz-auditor e promotora militares”, explicou.

Novas viaturas

A SSP-AM realizou a entrega de 20 novas viaturas, veículos de modelo S-10, ainda nesta sexta-feira (8), que  foram destinados ao Batalhão Ambiental, Batalhão de Guarda, Companhia de Trânsito e Polícia Civil, além da segurança nos presídios da capital amazonense.

Os veículos fazem parte do total de 700 viaturas que serão inseridas no Sistema de Segurança Pública até junho deste ano

Os veículos fazem parte do total de 700 viaturas que serão inseridas no Sistema de Segurança Pública até junho deste ano

Os veículos fazem parte do total de 700 viaturas que serão inseridas no Sistema de Segurança Pública até junho deste ano, com um investimento anual de R$ 60 milhões. As primeiras 100 viaturas foram entregues no dia 24 de abril.

Além do reforço das novas viaturas na capital, os municípios de Iranduba, Itacoatiara e Manacapuru também recebem o reforço do policiamento ostensivo.

Por Josemar Antunes (especial EM TEMPO Online)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir