Esportes

São Raimundo vence e mantém esperança no ‘Barezão’

O São Raimundo bateu por 3 a 2 o Rio Negro, ontem (17), no estádio da Colina - foto: divulgação

O São Raimundo bateu por 3 a 2 o Rio Negro, ontem (17), no estádio da Colina – foto: divulgação

Finalizando a 16ª rodada do Campeonato Amazonense, o São Raimundo bateu por 3 a 2 o Rio Negro, ontem (17), no estádio da Colina. A vitória foi construída com gols de Carlos, Jaiminho e Cléber. Pelo Galo, quem descontou foi Lucas Peteca, que balançou as redes duas vezes. Com o resultado, o Tufão chegou aos 25 pontos, ficando dois atrás do quarto colocado, o Penarol.

Como já era esperado, o São Raimundo partiu para resolver a partida logo no começo do duelo. Aos 10 minutos, o Tufão chegou com perigo ao ataque com o atacante Ramon. O camisa 9 recebeu dentro da área, gingou em cima da marcação que conseguiu recuperar e cortar para linha de fundo. Nesse momento, aconteceu o primeiro grande erro da arbitragem na partida. Tentando evitar o escanteio, o goleiro Adriano Paredão se esforçou e pegou a bola, porém, o árbitro Uesclei Regison dos Santos marcou tiro livre indireto dentro da pequena área alegando que o recuo foi proporcional. Na cobrança da irregularidade, Adonias rolou para Carlos que acertou o canto direito para abrir o placar.

Apesar do gol sofrido, o Rio Negro não desanimou. Com muita vontade, os jovens jogadores do Galo chegaram ao empate após bela arrancada de Naílson. O camisa 9 pegou a bola no meio campo e avançou até tocar para Lucas Peteca. O atacante, com calma, finalizou cruzado para vencer o arqueiro Leandro Mineiro.
O clássico permaneceu movimentado. Ambos os times criaram oportunidades, mas foi o São Raimundo que conseguiu marcar o segundo gol aos 36 minutos. O autor da obra prima foi Jaiminho. O atacante tabelou com Thomas e saiu cara a cara com o goleiro do Galo. Mostrando tranquilidade, Jaiminho finalizou no forte no canto superior direito, não dando chances de defesa.

Milagres rionegrinos

Na volta do intervalo, o São Raimundo foi para cima. Aos oito minutos, Jaiminho recebeu na ponta direita, passou pelo marcador e cruzou para Joaldo. Livre dentro da área, o camisa 10 testou com força, porem, não esperava que Adriano Paredão realizasse um verdadeiro milagre, conseguindo espalmar para escanteio.

Aos 14 minutos, mais uma vez, a defesa do Rio Negro evitou em cima da linha o gol de Ramon. Raul estava em cima da linha e tirou com o peito.

A pressão era muito grande. De tanto tentar, o São Raimundo marcou seu terceiro gol com Cléber. O camisa 15 avançou pelo meio e arriscou de fora da área e guardou.

Perdendo por 3 a 1, o Galo da praça Da Saudade partiu para o ataque. Mesmo sem organização, o time conseguiu diminuir aos 32 minutos. Após falha de Uilton, Lucas Peteca chutou forte no canto baixo direito de Leandro.

No último minuto de partida, os meias Adonias e Cléber, ambos do São Raimundo, discutiram dentro de campo e foram expulsos da partida, prejudicando assim o clube na sequência da competição.

Por Thiago Fernando (Equipe EM TEMPO)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir