Sem categoria

São Raimundo e Fast se enfrentam pelo Campeonato Amazonense, neste sábado

Volante Roberto Dinamite marcou um gol no confronto do primeiro turno, enquanto o atacante são-raimundense tem a missão de furar a defesa tricolor, neste sábado (9) – fotos: Alberto César Araújo

Volante Fast marcou um gol no confronto do primeiro turno; atacante do São Raimundo tem a missão de furar a defesa tricolor, neste sábado (9) – fotos: Alberto César Araújo

A primeira fase do Campeonato Amazonense 2015 está chegando ao final. Cada partida é importante para definir o futuro dos clubes na competição. Às 16h deste sábado (9), o estádio da Colina será palco do clássico do dia, entre São Raimundo e Fast, que se enfrentam mirando um objetivo comum: a classificação.

Com 22 pontos, o Tufão precisa desesperadamente da vitória para seguir na cola no Penarol, último clube do G-4, com 27 pontos. Na última rodada, o time comandado pelo técnico Eduardo Clara perdeu justamente para o Leão da Velha Serpa.

De acordo com o atacante Marinho, o resultado negativo já foi esquecido. A palavra de ordem no Tufão é recuperação.

“Já esquecemos a derrota para o Penarol. Agora, estamos focados no confronto contra o Fast. Temos que vencer para continuar brigando por uma vaga na fase final do campeonato. Sabemos que só a vitória interessa. Ainda vamos torcer por um tropeço do Penarol. Temos que fazer a nossa parte”, disse Marinho.

Pelo lado do Tricolor de Aço, o clima está mais tranquilo, principalmente depois da goleada aplicada na última quarta-feira (6) sobre o Operário por 7 a 0. Para o volante Roberto Dinamite, o resultado foi importante para dar confiança ao grupo, que precisa dos três pontos nesta rodada para conquistar, de maneira antecipada, a classificação para a fase final do Barezão.

“O resultado foi ótimo, independente se a equipe do Operário está na zona de baixo. O importante é que fizemos a nossa parte. Essa goleada nos dar uma confiança para esse jogo contra o São Raimundo. Temos que lembrar que contra o Operário jogamos dentro de casa em um campo onde treinamos todos os dias. Isso não vai acontecer hoje, mas sabemos que podemos vencer e isso nos dará a classificação antecipada”, disse o volante.

Questionado sobre a postura da equipe no clássico, Dinamite adiantou que o time fastiano manterá a mesma forma de jogar das partidas anteriores.

“Vamos procurar fazer nosso trabalho. Temos que fazer o que treinamos e obedecer às orientações do professor João Carlos Cavalo. Para eles, só interessa a vitória. Vamos manter a calma, porque a vitória também é importante para nós. Temos que classificar. Depois vamos atrás da melhor posição no G-4”, finalizou Dinamite.

Outros jogos

Outras duas partidas acontecerão nesta tarde. Em Manaquiri (AM), os dois piores times do Estadual, Operário e Rio Negro, vão se enfrentar para tentar aliviar a sequência negativa dentro da competição. O jogo vai começar as 15h30 no estádio Valdizão.

Já no estádio Carlos Zamith, no Coroado, Manaus FC e Nacional Borbense duelarão apenas para cumprir tabela. Ambas as equipes estão estacionadas no meio da tabela.

Por Thiago Fernando (Jornal EM TEMPO)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir