Sem categoria

São Raimundo e Fast se enfrentam pelo Campeonato Amazonense, neste sábado

Volante Roberto Dinamite marcou um gol no confronto do primeiro turno, enquanto o atacante são-raimundense tem a missão de furar a defesa tricolor, neste sábado (9) – fotos: Alberto César Araújo

Volante Fast marcou um gol no confronto do primeiro turno; atacante do São Raimundo tem a missão de furar a defesa tricolor, neste sábado (9) – fotos: Alberto César Araújo

A primeira fase do Campeonato Amazonense 2015 está chegando ao final. Cada partida é importante para definir o futuro dos clubes na competição. Às 16h deste sábado (9), o estádio da Colina será palco do clássico do dia, entre São Raimundo e Fast, que se enfrentam mirando um objetivo comum: a classificação.

Com 22 pontos, o Tufão precisa desesperadamente da vitória para seguir na cola no Penarol, último clube do G-4, com 27 pontos. Na última rodada, o time comandado pelo técnico Eduardo Clara perdeu justamente para o Leão da Velha Serpa.

De acordo com o atacante Marinho, o resultado negativo já foi esquecido. A palavra de ordem no Tufão é recuperação.

“Já esquecemos a derrota para o Penarol. Agora, estamos focados no confronto contra o Fast. Temos que vencer para continuar brigando por uma vaga na fase final do campeonato. Sabemos que só a vitória interessa. Ainda vamos torcer por um tropeço do Penarol. Temos que fazer a nossa parte”, disse Marinho.

Pelo lado do Tricolor de Aço, o clima está mais tranquilo, principalmente depois da goleada aplicada na última quarta-feira (6) sobre o Operário por 7 a 0. Para o volante Roberto Dinamite, o resultado foi importante para dar confiança ao grupo, que precisa dos três pontos nesta rodada para conquistar, de maneira antecipada, a classificação para a fase final do Barezão.

“O resultado foi ótimo, independente se a equipe do Operário está na zona de baixo. O importante é que fizemos a nossa parte. Essa goleada nos dar uma confiança para esse jogo contra o São Raimundo. Temos que lembrar que contra o Operário jogamos dentro de casa em um campo onde treinamos todos os dias. Isso não vai acontecer hoje, mas sabemos que podemos vencer e isso nos dará a classificação antecipada”, disse o volante.

Questionado sobre a postura da equipe no clássico, Dinamite adiantou que o time fastiano manterá a mesma forma de jogar das partidas anteriores.

“Vamos procurar fazer nosso trabalho. Temos que fazer o que treinamos e obedecer às orientações do professor João Carlos Cavalo. Para eles, só interessa a vitória. Vamos manter a calma, porque a vitória também é importante para nós. Temos que classificar. Depois vamos atrás da melhor posição no G-4”, finalizou Dinamite.

Outros jogos

Outras duas partidas acontecerão nesta tarde. Em Manaquiri (AM), os dois piores times do Estadual, Operário e Rio Negro, vão se enfrentar para tentar aliviar a sequência negativa dentro da competição. O jogo vai começar as 15h30 no estádio Valdizão.

Já no estádio Carlos Zamith, no Coroado, Manaus FC e Nacional Borbense duelarão apenas para cumprir tabela. Ambas as equipes estão estacionadas no meio da tabela.

Por Thiago Fernando (Jornal EM TEMPO)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir