Esportes

São Paulo reage e empata contra Chapecoense, mas chega a três jogos sem vencer

Depois de sofrer dois gols de cabeça nos primeiros dez minutos de partida, o São Paulo reagiu e conseguiu empatar com a Chapecoense por 2 x 2 no Morumbi. A partida aconteceu na manhã deste domingo (31), válida pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.


O tricolor recuperou-se no segundo tempo, com dois gols do peruano Cuevas. O empate veio de pênalti, aos 40 minutos.

Com o resultado, o time comandado pelo argentino Edgardo Bauza caiu para a 10ª posição no torneio. O tricolor segue sem vencer desde que foi eliminado na semifinal da Libertadores pelo Atlético Nacional, da Colômbia, no dia 13 de julho.

Desde a derrota na competição continental, o São Paulo empatou dois jogos -o clássico contra o Corinthians e esta partida contra os catarinenses- e perdeu para o Grêmio, em Porto Alegre.

O JOGO

O time do Morumbi demonstrou fragilidade defensiva ao levar dois gols de bola aérea logo no início do jogo.

Aos cinco minutos, o atacante Kempes recebeu cruzamento perto da marca do pênalti e teve espaço para cabecear e abrir o placar.

Cinco minutos depois, Cléber Santana cobrou falta na lateral direita do campo de ataque da Chapecoense. Dentro da pequena área, o zagueiro Thiego venceu os defensores do São Paulo e ampliou com outro cabeceio.

Durante todo o primeiro tempo, o São Paulo teve mais posse de bola, mas só conseguiu pressionar o time de Santa Catarina perto do intervalo. Pelas pontas, Centurión e Kelvin comandavam as investidas tricolores.

Bem postado, o time de Chapecó defendia-se bem e arriscava contra-ataques.
Na volta pra o segundo tempo, Edgardo Bauza fez substituições que deixaram o São Paulo bastante ofensivo.

O argentino tirou o lateral Carlinhos para colocar o atacante Andrés Chavez, contratado do Boca Juniors, que fez sua estreia pelo clube. Nos primeiros minutos, também entrou o atacante Luiz Araújo, no lugar do volante Thiago Mendes.

A mudança de postura teve resultado rápido, e o São Paulo marcou aos 16 minutos. Centurión entrou na zaga aos dribles e rolou para Cueva finalizar.

Quando parecia que a Chapecoense conseguiria segurar a vitória fora de casa, o juiz marcou mão do volante Josimar em disputado pelo alto, depois de cruzamento de Bruno.

Cueva cobrou e fez seu segundo gol na partida, levando o São Paulo ao empate. O time continuou pressionando, mas não foi suficiente.

SÃO PAULO

Denis; Bruno, Lugano, Maicon e Carlinhos (Luiz Araújo); Hudson e Thiago Mendes (Chávez); Kelvin (Pedro Bortoluzo), Cueva e Michel Bastos; Centurión. T.: Edgardo Bauza

CHAPECOENSE

Danilo; Gimenez (Matheus Biteco), Thiego, Filipe Machado e Dener; Josimar e Cleber Santana; Gil, Hyoran e Martinuccio (Tiaguinho); Kempes (Bruno Rangel). T.: Caio Júnior

Local: Estádio do Morumbi, São Paulo (SP)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Gols: Kempes, aos 5min, e Thiego, aos 13 min do primeiro tempo; Cueva, aos 16min e aos 41min do segundo tempo
Cartões amarelos: Bruno, Cueva e Hudson (SPO); Filipe (CHA)

Por folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir