Esportes

Santos repete placar contra São Paulo e está na final da Copa do Brasil

O resultado só não foi maior porque a trave ajudou em alguns casos

O resultado só não foi maior porque a trave ajudou em alguns casos

Com uma escalação ousada feita por Doriva, o São Paulo foi atropelado na Vila Belmiro, na noite desta quarta-feira (28). Com um primeiro tempo impecável, o Santos venceu o rival tricolor por 3 a 1 e está na final da Copa do Brasil.

O resultado só não foi maior porque a trave ajudou em alguns casos, e os atacantes santistas erraram a pontaria em outros.

O técnico tricolor escolheu entrar em campo com uma espécie de 4-1-5, com apenas Rodrigo Caio no meio e Paulo Henrique Ganso, Michel Bastos, Alan Kardec, Alexandre Pato e Luis Fabiano mais à frente.

O esquema, porém, não deu certo. Aos 30 do primeiro tempo, a derrota já estava consumada, com dois gols do artilheiro Ricardo Oliveira e um golaço de Marquinhos Gabriel.

Depois de marcar os três primeiros logo de cara, a equipe de Dorival Júnior diminuiu o ritmo, para a sorte dos são-paulinos.

Rogério Ceni virou desfalque no segundo tempo. Depois de sair para o intervalo, o goleiro não voltou ao gramado para terminar a partida, alegando um problema no tornozelo.

Nesta quinta-feira (29), ele será julgado no STJD pelas reclamações contra a arbitragem no confronto contra o Vasco, pelo Brasileiro. A punição pode chegar a seis jogos, o que encurtaria a carreira do ídolo do Morumbi, que já anunciou a aposentadoria para o fim deste ano.

Michel Bastos diminuiu em belo chute de fora da área, aos 26 minutos do segundo tempo.
Sob novo comando, o São Paulo já dá sinais de que Doriva não deve permanecer após o fim do ano. O novo presidente, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, está definindo os últimos detalhes da sua diretoria e o técnico não está nos planos.

A contratação do treinador foi o último feito de Carlos Miguel Aidar, antes de renunciar ao cargo. Publicamente, o atual mandatário afirma que esse foi um dos acertos da gestão anterior.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir