Esportes

Santos perde pênalti, mas vence o Palmeiras e leva vantagem para final

Gabriel comemorando o único gol da torcida santista – foto: divulgação

Gabriel comemorando o único gol da torcida santista – foto: divulgação

Mesmo com um pênalti desperdiçado logo aos 4min de jogo, o Santos venceu o Palmeiras por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (25), na Vila Belmiro, pelo jogo de ida da final da Copa do Brasil.

O atacante Gabriel foi o principal personagem da partida ao deixar de ser o vilão do time santista ao perder um pênalti para ser o herói ao marcar o gol da vitória na etapa final.
O Santos joga pelo empate na partida de volta para assegurar o título. Para o Palmeiras, resta uma vitória por dois ou mais gols para conquistar a taça. Se o time alviverde obtiver vitória por um gol, a decisão irá para os pênaltis.

O jogo
O Santos se aproveitou da fragilidade do meio de campo do Palmeiras, que teve o jovem Matheus Sales como a novidade entre os titulares, e controlou o jogo e dominou completamente o primeiro tempo.

Com mais mobilidade e apostando nas jogadas em velocidade sobre Zé Roberto, que atuou na lateral esquerda alviverde, o time da Vila Belmiro só não foi para os vestiários com a vantagem no placar porque esbarrou na bela atuação do goleiro Fernando Prass.

A melhor chance santista, no entanto, aconteceu logo aos 4 min, quando Gabriel desperdiçou uma cobrança de pênalti ao acertar a trave adversária.

Já o Palmeiras sofreu com os mesmos problemas de criação no meio de campo dos últimos jogos. Com Robinho aberto pela direita e Dudu, pelo centro, o time alviverde não conseguiu fazer a transição da defesa para o ataque e abusou novamente da ligação direta.

Para piorar o cenário alviverde na partida, Gabriel Jesus machucou o ombro e precisou ser substituído por Kelvin, que pouco fez no setor ofensivo.

O técnico Marcelo Oliveira tentou corrigir a marcação no Palmeiras com a entrada de Amaral no lugar de Matheus Sales logo na volta do segundo tempo. Mas sem sucesso.

O Santos continuou melhor na partida. Prass evitou dois gols certos da equipe santista em chutes de Renato e Gabriel ainda antes dos 5min.

Aos 22 min, o árbitro Luiz Flavio de Oliveira sentiu-se mal e foi substituído pelo quarto árbitro Marcelo Aparecido de Souza, que comandou a partida até o apito final.

E o Santos chegou ao gol da vitória aos 33 min. Gabriel faz bela jogada individual pelo lado direito e, na saída de Prass, chutou no canto e selou o placar na partida.

No fim, o lateral direito Lucas, que já tinha o cartão amarelo, levou o vermelho após chutar a bola em Lucas Lima e vai desfalcar o Palmeiras no confronto decisivo.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir