Esportes

Santos é condenado a pagar R$ 74 milhões no caso Damião e deve penhorar CT

O montante é referente ao empréstimo dos investidores, que desembolsaram 13 milhões de euros para tirar o centroavante do Internacional  - foto: divulgação

O montante é referente ao empréstimo dos investidores, que desembolsaram 13 milhões de euros para tirar o centroavante do Internacional – foto: divulgação

O prejuízo do Santos na transação envolvendo o atacante Leandro Damião pode ser maior do que a atual diretoria do clube esperava. Isso porque a Justiça de São Paulo condenou o clube paulista a pagar R$ 74 milhões ao grupo de investidor maltês, a Doyen Sports.

O montante é referente ao empréstimo dos investidores, que desembolsaram 13 milhões de euros para tirar o centroavante do Internacional e colocá-lo no Santos em dezembro de 2013.

A Justiça determina que o Santos pague a dívida em até três dias e “ameaça” penhora de bens. O “UOL Esporte” apurou que o departamento jurídico do clube deve recorrer e, inclusive, já estuda penhorar o CT Meninos da Vila.

Como Damião conseguiu liberação do Santos no início deste ano e se tornou um jogador livre pela Fifa, o clube é obrigado a pagar a Doyen o valor mínimo investido por eles na transação.

Santos e Doyen ainda brigam na Justiça em relação às transferências de Felipe Anderson para a Europa e de Geuvânio para o futebol chinês. O presidente Modesto Roma ignora todos os acordos firmados entre a antiga diretoria e o grupo maltês.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir