Dia a dia

Santo Antônio ganha praça com academia ao ar livre e playground

Com a requalificação, a praça que ganhou playground, academia ao ar livre, paisagismo, novo piso e iluminação à LED – foto: divulgação

Com a requalificação, a praça que ganhou playground, academia ao ar livre, paisagismo, novo piso e iluminação à LED – foto: divulgação

A ‘Praça do Areal’, na avenida Padre Agostinho Caballero, no Santo Antônio, na Zona Oeste, foi reinaugurada, na noite desta terça-feira (22), pelo prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto. A obra custou cerca de R$ 197 mil, e de acordo com o prefeito, o valor foi pago com recursos oriundos de medidas compensatórias do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb).

Com a requalificação, a praça que ganhou playground, academia ao ar livre, tudo gradeado de proteção, 20 novas árvores, paisagismo, novo piso e iluminação à LED. Além disso, os dois quiosques que já existiam no local, também foram reformados e ganharam cobertura e espaço para receber melhor os frequentadores.

“Essa obra é de graça para a Prefeitura, mas tem um valor social muito grande. Então, a gente está usando e abusando das medidas compensatórias na Secretária de Meio Ambiente (Semmas), no Implurb, e usando nosso dinheiro para a manutenção da cidade, educação e saúde também, e ainda fazendo a renovação com o governador para fazermos recapeamentos fundamentais nas ruas da cidade”, afirmou Arthur.

Até outubro de 2015, o Implurb contabilizou 18 processos de medidas compensatórias concluídos. Desse total, 12 deles com recursos convertidos ao Fundo Municipal de Desenvolvimento Urbano (FMDU), e outros seis destinados a obras diretas, de responsabilidade dos requerentes, que vão desde reforma de praças, quadras de esporte, abrigos de ônibus e outros equipamentos urbanos de uso público.

“O nosso objetivo é converter essas medidas compensatórias em valores agregados, melhoria e conforto para a própria população que mora no entorno e se beneficia dessas obras de requalificação urbana”, afirmou o diretor-presidente do Implurb, Roberto Moita.

A aposentada Francisca Lira, 78, informou que mora no local há cerca de 40 anos. Ela disse que estava ansiosa para ter o espaço de volta, que foi fechado para reforma no final do ano passado. “Eu gostava de vir e sentar no banco aqui da praça e com essa reforma eu vou poder apreciar ainda mais a paisagem. A praça ficou maravilhosa e virou uma diversão para nós”, disse ela.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir