Mundo

Salário de R$ 35 mil a cabeleireiro de Hollande cria polêmica na França

A notícia de que o presidente francês, François Hollande, contrata desde 2012 um cabeleireiro por um salário mensal de 9.895 euros (cerca de R$ 35,5 mil) criou polêmica nas redes sociais francesas. A informação foi publicada originalmente pelo semanário satírico “Le Canard Enchaîné”, e logo se tornou tema de debate em todo o mundo.

A informação foi confirmada pela assessoria do governo, que argumentou que o orçamento operacional do palácio Eliseu teve um corte de 15% a 20% desde que Hollande assumiu no lugar de Nicolas Sarkozy.

“Todo mundo tem o cabelo cortado”, defendeu o porta-voz do governo, Stephane Le Foll. “Este cabeleireiro teve que abandonar seu salão e está à disposição 24 horas por dia”, completou.
Um deputado da ultradireitista Frente Nacional (FN) se referiu ao presidente socialista como “sua majestade” no Twitter, enquanto outros usuários publicavam montagens de perucas e penteados extravagantes sobre fotos do presidente para “ajudar o cabeleireiro a ganhar seu salário”.

A hashtag #Coiffeurgate era trending topic no Twitter na França quarta-feira.

Contrato milionário

O contrato de trabalho de Olivier B., “cabeleireiro pessoal do chefe de Estado”, foi assinado em 16 de maio de 2012 pela então diretora do gabinete do Eliseu, Sylvie Hubac, afirma o semanário.

O documento estipula que Olivier B. está contratado “pela duração do mandato presidencial em curso”, prossegue o “Canard”, segundo o qual este “contrato temporário de cinco anos representa uma remuneração bruta acumulada de 593.700 euros (R$ 2,1 milhões)”.

Os honorários vão acompanhados de uma “eventual ‘concessão para habitação’ e outras ‘vantagens familiares'”, acrescenta a publicação.

O semanário afirma que Olivier B. deve estar totalmente disponível e acompanhar o presidente durante a maioria de suas viagens.

O contrato do cabeleireiro também estipula que “deve guardar segredo absoluto sobre o trabalho realizado durante e após o fim de seu contrato”.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir