Mundo

Rússia expulsa 2 diplomatas dos EUA em retaliação a Washington

O governo da Rússia anunciou neste sábado (9) que expulsou dois funcionários da embaixada americana em Moscou. Segundo os russos, eles estariam trabalhando para CIA.

O gesto foi avaliado como uma retaliação aos EUA, que expulsaram dois diplomatas russos em 17 de junho. Por sua vez, a ação americana foi uma resposta a uma briga entre um policial russo e um diplomata americano -um dos que agora foram expulsos- em frente à Embaixada dos EUA em Moscou em 6 de junho. O caso foi revelado pelo “The Washington Post”.

Um vídeo de uma câmera de segurança mostra o diplomata americano chegando de carro ao edifício, sendo prontamente atacado pelo policial, que o joga no chão.

Segundo o porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, John Kirby, “a ação não foi provocada e colocou em segurança nosso funcionário. As alegações da Rússia de que o policial estava protegendo a embaixada de um indivíduo que havia se recusado a se identificar simplesmente não é verdade.”

Desde a anexação da península da Crimeia pela Rússia em 2014, e as consequentes sanções ocidentais contra o governo de Vladimir Putin, as relações entre Washington e Moscou estão estremecidas.

“Esperamos que Washington perceba o erro da postura agressiva anti-Rússia. Se eles decidirem seguir pelo caminho das provocações, não ficarão sem resposta”, disse em comunicado o Ministério das Relações Exteriores russo.

Por folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir