Mundo

Rússia abre mercado de leite em pó para 11 empresas brasileiras

A Rússia concedeu hoje (8) autorização para 11 empresas brasileiras exportarem leite em pó para aquele país, de acordo com informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. A liberação foi anunciada durante visita da ministra da Agricultura, Kátia Abreu, a Moscou. O ministério informou que esta será a primeira vez que o Brasil venderá o produto aos russos. O acordo estava sendo negociado desde fevereiro.

Segundo a pasta, o leite em pó fará parte de um protocolo de prelisting (pré-listagem, em uma tradução livre) entre os dois países. Isso significa que as empresas brasileiras poderão ser autorizadas a exportar sem necessidade de fiscalização prévia, desde que atendam aos requisitos da legislação russa.

Com o acordo, o Brasil espera atingir, a médio prazo, 50% do mercado russo de lácteos. A exportação de tripas à Rússia também entrou na prelisting. Como contrapartida, o governo brasileiro concluiu as análises para liberar as importações de pescado e trigo russo.

O ministério informou que, segundo dados do setor privado, atualmente a Rússia importa 630 mil toneladas de leite em pó por ano, equivalente a US$ 1,2 bilhão. Kátia Abreu participa de missão brasileira na Rússia desde ontem (7). O objetivo é abrir mercado para produtos do agronegócio brasileiro.

Está previsto para hoje um encontro da ministra com o ministro da Agricultura russo, Alexander Tkachev. Antes da Rússia, a comitiva brasileira esteve no Japão, onde discutiu as exportações de carne bovina brasileira ao país asiático.

 

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir