Esportes

Rosberg faz a pole e deixa Hamilton em 2º em Interlagos; Massa é 8º

Vistos de “camarote” pelo bicampeão mundial Fernando Alonso, que parou sua McLaren fora da pista em Interlagos sem conseguir completar nem sequer uma volta, os pilotos da Mercedes fizeram os melhores tempos do treino classificatório neste sábado (14) e vão largar na primeira fila do GP Brasil, no domingo (15).


Na primeira colocação ficou o alemão Nico Rosberg, da Mercedes, que ainda briga para terminar o campeonato na vice-liderança em disputa contra o compatriota Sebastian Vettel, da Ferrari, que vai largar em terceiro. Esta é a quinta pole position consecutiva do Rosberg no campeonato.

O já campeão deste ano, o inglês Lewis Hamilton, também da Mercedes, ficou na segunda colocação. Hamilton nunca venceu em Interlagos e está pilotando com um capacete em homenagens a Ayrton Senna, ídolo de infância e tricampeão mundial como ele.

O brasileiro Felipe Nasr, que pela primeira vez é titular de uma equipe na F-1 e vai estrear na corrida paulistana ficou na 11ª colocação com sua Sauber. “Faltou um pouco, mas estou feliz. Melhor do que vem sendo nas últimas provas”, disse Nasr após o treino. “Estamos próximos dos dez primeiros, amanhã vamos atrás dos pontos”.

Com a torcida a favor, Felipe Massa, da Williams, terminou o treino classificatório na oitava posição. Companheiro de Massa, o finlandês Valtteri Bottas terminou o treino na quarta colocação, mas, devido a uma punição, perderá três posições e largará em sétimo -justamente à frente de Massa.

O treino foi realizado com sol e céu aberto, com temperatura próxima dos 30ºC. Há previsão de chuva para o domingo.

Destaque no treino

O espanhol Fernando Alonso assistiu à primeira parte do treino sentado em uma cadeira, perto da curva Bico de Pato, de onde tomou um pouco de sol, viu todos passarem e, assim, vai largar na último posição neste domingo, às 14h, em São Paulo.

Na volta para os boxes encontrou o companheiro de equipe Jenson Button, que também foi eliminado na primeira parte e ficou na 17ª posição no treino. Eles se abraçaram e subiram no alto do pódio, já montado no circuito paulistano, como se tivessem vencido a corrida. A McLaren, porém, é a penúltima equipe no campeonato de construtores, com 27 pontos no ano, à frente apenas da Marussia, que está zerada.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir