Política

Romário é eleito presidente da CPI do Futebol em Brasília

Nesta terça-feira (14), o senador Romário (PSB) foi eleito presidente da CPI do Futebol, que investigará denúncias de irregularidades na Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O ex-jogador já havia manifestado a intenção de ocupar a função.

“Acabamos de abrir os trabalhos da CPI do Futebol. Espero que com essa CPI possamos repaginar, modernizar e moralizar o que vem acontecendo no nosso futebol”, escreveu Romário nas redes sociais.

O senador Romero Jucá (PMDB) será o relator da CPI.

A proposta da criação da CPI surgiu depois que sete dirigentes ligados à Fifa, incluindo o ex-presidente da CBF José Maria Marin foram presos na Suíça em maio, acusados de pagamento e recebimento de propinas em contratos de exploração comercial de competições esportivas.

A Folha de S.Paulo apurou que Marco Polo Del Nero será o foco da investigação. O dirigente não teve seu nome citado nas investigações dos Estados Unidos, mas documentos das autoridades dos Estados Unidos indicam que ele dividiu parte das propinas recebidas por José Maria Marin, vice da CBF e presidente da entidade até abril de 2015.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir