País

Romário anuncia pré-candidatura à Prefeitura do Rio

Questionado sobre os principais problemas do Rio, Romário foi vago, dizendo que a cidade é inadequada nas áreas de saúde, educação e mobilidade - foto: divulgação

Questionado sobre os principais problemas do Rio, Romário foi vago, dizendo que a cidade é inadequada nas áreas de saúde, educação e mobilidade – foto: divulgação

O senador Romário (PSB) anunciou nesta segunda (20) sua pré-candidatura à Prefeitura do Rio com um discurso no qual ironizou sua falta de experiência em cargos executivos.

“Quando me candidatei ao Senado, as pessoas disseram que eu não tinha experiência. Hoje os mais experientes estão em cana. Esse tipo de experiência eu não quero ter”, disse o senador.

“Me sinto totalmente legitimado para ser pré-candidato. Tive 1,8 milhão de votos na capital. Qualquer parlamentar que teve essa representatividade poderia estar aqui.”

Questionado sobre os principais problemas do Rio, Romário foi vago, dizendo que a cidade é inadequada nas áreas de saúde, educação e mobilidade. “Nos últimos anos, o Rio pensou muito no material. É hora de pensar no humanitário”, disse.

Com a chegada de Romário, o Rio passa a ter nove pré-candidatos à prefeitura.

À esquerda há Marcelo Freixo (PSOL), Jandira Feghali (PCdoB) e Alessandro Molon (Rede).

Também estão na disputa Marcelo Crivella (PRB), Carlos Roberto Osório (PSDB), Flávio Bolsonaro (PSC), filho do deputado Jair Bolsonaro, e Índio da Costa (PSD).

Pedro Paulo (PMDB) é o candidato do atual prefeito, Eduardo Paes. Sua candidatura foi fragilizada por revelações de que ele agredia sua ex-mulher.

As candidaturas serão oficializadas nas convenções partidárias, que acontecem a partir de 20 de julho.

Romário afirmou que não se licenciará do mandato de senador, portanto estará presente na votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff. Ele, que votou pelo afastamento dela, evitou divulgar seu voto desta vez, mas indicou que apoiará a cassação.

“Meu voto está decidido e será o que a maioria do povo deseja.”

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir