Sem categoria

Rodoviários do AM prometem paralisar na madrugada de quinta-feira

O presidente do STTRM, Givancir de Oliveira, disse que fez todas as tentativas possíveis e imagináveis - foto Diego Janatã/ Arquivo

O presidente do STTRM, Givancir de Oliveira, disse que fez todas as tentativas possíveis e imagináveis – foto Diego Janatã/ Arquivo

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários em Manaus (STTRM) anunciou uma paralisação de 30% da frota de ônibus na capital, a partir das 4h desta quinta-feira (5), após uma reunião na tarde de hoje (10), com os membros da categoria. Pela segunda vez nesta semana, a greve vai ser realizada devido à falta de reajuste no dissídio coletivo dos rodoviários, que exige um reajuste de 20%, mas até agora não foi atendido.

O presidente do STTRM, Givancir de Oliveira, disse que fez todas as tentativas possíveis e imagináveis para chegar a um acordo com os empresários.

“Fizemos de tudo para chegar em um acordo com a prefeitura e os empresários do setor, mas nosso esforço foi em vão. Portanto, faremos uma nova paralização amanhã (quinta-feira). Iremos paralisar apenas 30 % da rota, obedecendo a liminar do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) que impede a categoria de fazer uma greve de 100% dos coletivos. Enquanto não for ajustado o dissidio, iremos continuar fazendo greve”, garantiu o presidente da STTRM.

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir