Dia a dia

Rocam frustra assalto e prende quadrilha em Manaus

O bando foi levado para o 15o Distrito Integrado de Polícia (DIP) - foto: divulgação

O bando foi levado para o 15o Distrito Integrado de Polícia (DIP) – foto: divulgação

Policias da Ronda Ostensiva Candido Mariano (Rocam) prenderam seis pessoas por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e tentativa de homicídio. A quadrilha foi presa na noite dessa quinta-feira (30), na Zona Leste de Manaus.

Os presos são: Igor Ruanda da Silva, 22, os irmãos Alessandro Soares dos Santos, 19, Alexsandra Soares dos Santos, 18 e os também irmãos Hellinton de Mesquita Costa ,21, Hailton Do Nascimento Souza, 31.

De acordo com informações da Rocam, os suspeitos foram presos após uma denúncia feita pelo aplicativo da corporação informando que o bando estava se preparando para realizar um roubo em uma lotérica da loja Bemol, localizada na Bola do Produtor.

Quando os policiais chegaram ao local fizeram a abordagem de Igor Ruanda. Com ele foi encontrado um revólver calibre 38 com quatro munições intactas. No momento da prisão o celular do suspeito tocou e do outro lado da linha uma mulher falou que, após o roubo, era para o suspeito ir até a casa dela onde iriam dividir o dinheiro, pois um homem identificado como “Mano PG” tinha ordenado.

A equipe se deslocou até casa da mulher, situada na rua Codajás, na mesma zona, onde prenderam Alessandro e Alessandra. No imóvel foram aprendidas várias porções de entorpecentes. O celular de Igor tocou novamente, sendo dessa vez o próprio ‘Mano PG’ ligando. Sem saber que o comparsa estava preso, o suspeito falou para Igor que era para ele ir até a frente do Jardim Botânico encontrar com o “pessoal dele”. As ordens seguintes era para que eles fossem até a casa de Alexsandra e matassem a mulher.

Nesse momento a guarnição foi até o Jardim Botânico, onde um veículo de cor vinho e placa JUK-1200 foi abrodado, no automóvel estavam Hellinton, Hailton e Fabricio. Com o trio foi encontrado um revólver calibre com quatro munições intactas, um simulacro de pistola, além de uma porção de droga.

O bando foi levado para o 15o Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foram feitos os procedimentos. Eles serão encaminhados para uma das unidades prisionais da capital. A Rocam ainda informou que as investigações irão continuar para identificar “Mano PG”.

Por Mara Magalhães

1 Comment

1 Comment

  1. Eliseu

    1 de julho de 2016 at 20:16

    Parabéns rocam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir