Dia a dia

Risco de desabamento de casas assusta moradores na orla do Sao Raimundo

Moradores da orla do São Raimundo, Zona Centro-Oeste de Manaus, temem o desabamento de suas casas no período de chuvas, isso porque boa parte das residências do beco São José, que não foram contempladas com o Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim), ficam próximas a um barranco que começou a ceder com a quantidade de chuvas dos últimos meses. A situação de risco deixa os moradores em estado de preocupação constante.

A dona de casa Rita de Cássia Silva, 64, residente do bairro há mais de 40 anos, conta que pelo menos 10 casas estão em situação de risco. “Já pedimos ajuda à Seminf, Defesa Civil, imprensa, estamos correndo atrás. Só aqui são 10 casas, mais as que ficam na curva do beco, lá no final. Eu já solicitei uma equipe para fazer um laudo daqui, porque está cedendo demais, como em anos não acontecia. O rip rap já não contém a força do desbarrancamento ”, diz a dona de casa que tem duas residências em risco.

               Moradora mostra a situação de risco no beco São José , bairro São Raimundo – Michael Dantas

Outro residente da área, Joaquim Loureiro, 66, proprietário de uma peixaria no local, conta que a situação está mais difícil desde o mês de abril. “Aqui está precário. Não é só a minha casa, são várias outras também. Isso ficou mais perigoso depois da chuva do dia 27, quando começou a ceder novamente”, disse ele, ao lamentar não ter projetos, nem recursos para retirar o estabelecimento do beco.

De acordo com a assessoria da Defesa do Município, que realiza o trabalho de prevenção em áreas de risco da capital, uma equipe de engenheiros do órgão foi até ao local na manhã da sexta-feira (12). Os técnicos devem preparar um relatório sobre o estado de periculosidade de toda a extensão da orla do São Raimundo para verificar o que deve ser feito para evitar danos. O relatório deve ficar pronto até o final desta semana.

Laize Minelli

EM TEMPO

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top