Sem categoria

Rio Negro atinge cota de emergência e três bairros em Manaus já são afetados

O CPRM prevê que o Rio Negro deve alcançar a marca máxima de 29,97 metros. - foto: arquivo EM TEMPO

O CPRM prevê que o Rio Negro deve alcançar a marca máxima de 29,97 metros. – foto: arquivo EM TEMPO

O nível do Rio Negro atingiu 28,97 metros na manhã desta terça-feira (19), restando apenas 3 centímetros para que a capital amazonense entre em alerta. Segundo a Defesa Civil do município, nas últimas 4h, choveu 26,4 milímetros. Alguns pontos dos bairros Mauazinho, na Zona Leste, São Jorge, situado na Zona Oeste, e Educandos, Zona Sul de Manaus, já sofrem com cheia.

A marca, que ultrapassa a cota emergencial foi registrada no Porto de Manaus pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM), é maior 9 centímetros que a apontada no mesmo período do ano passado. Com a chuva, nas últimas horas, o rio subiu 5 centímetros e está um metro abaixo da cheia histórica.

O CPRM prevê que o Rio Negro poderá alcançar a marca máxima de 29,62 metros, e caso seja registrada, deverá ser a 4ª maior cheia já registrada em Manaus.
Conforme a Defesa Civil do município, aproximadamente 15 bairros poderão ser afetados pela enchente deste ano. Nesses locais, cerca de três mil pessoas podem sofrer com os prejuízos causados com a subida do rio.

Na Zona Rural, há previsão de que 12 comunidades devem ser atingidas pelas águas do Rio Negro. A Defesa Civil informou que mil moradores é número previsto de afetados nessas áreas.

Por Cecília Siqueira (especial EM TEMPO Online)

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir