País

Rio é a primeira cidade da América Latina a ter extensão de domínio na internet

A cidade do Rio de Janeiro se torna a partir de hoje (17) a primeira da América do Sul a ter uma extensão de domínio na internet com seu nome. O rio já conta com cerca de 4,2 mil domínios pré-reservados pelo site www.meudominio.rio e os responsáveis têm 60 dias para confirmar a aquisição do endereço, no valor de R$130 por ano.

O processo foi aprovado este ano pela Divisão de Domínios Globais da Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (Icann) e o contrato, assinado nessa quarta-feira (16) com a Empresa Municipal de Informática (IplanRio), em cerimônia de lançamento no Palácio da Cidade, em Botafogo, zona sul do Rio.

De acordo com o secretário de Administração, Marcelo Queiroz, a nova extensão de domínio significa ter a marca da cidade na internet. “O .rio significa um jeito de ser carioca, uma cultura carioca, significa uma transformação de uma cidade que as pessoas acreditam. E o .rio é positivo porque vai gerar uma economia cada vez maior no Rio de Janeiro para o turismo, para todas as áreas dessa cidade.”

O presidente da divisão da Icann, Akram Atalla, lembra que cidades como Nova York, Londres, Paris, Roma, Berlim, Viena, Barcelona e Tóquio já têm seus domínios registrados e conta que essas extensões geram muitas oportunidades. “Espero que isso sirva de exemplo para muitas cidades do mundo no futuro. Foi um programa criado para encorajar a concorrência, escolha e inovação. O Rio tem muitas empresas com esses elementos. Esse programa é sem precedente na internet, antes nós tínhamos 21 domínios comerciais e gerais, agora temos milhares.”
Reforço da marca

O prefeito Eduardo Paes destaca que a prefeitura já bloqueou cerca de 130 domínios, como nomes de praias, bairros e pontos turísticos da cidade, para não haver disputa jurídica futura. Para ele, o .rio reforça a marca da cidade e mostra o amor de seus habitantes. “O Rio tem uma vocação econômica que tem muito a ver com a sua marca”, disse. “É impressionante como o Rio gera uma espécie de atração quase fatal em todas as pessoas”, completou.

Para o presidente da Associação Comercial do Rio de Janeiro, Paulo Protasio, o rio marca o vínculo da empresa com a cidade em qualquer lugar do mundo, fundamental no mundo globalizado. “Quando você deixa de ter o .br e passa para .rio, você está fazendo com que a sua atividade tenha o reconhecimento geográfico centralizado.

Georreferência hoje no mundo é muito importante, assim como os produtos têm suas características, como o queijo de Minas, isso vai fazer com que a gente tenha maior capacidade de diferenciação no mercado mundial.”

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir