Esportes

Ricardo Oliveira decide contra o Flu e deixa Santos perto de líderes

Ricardo Oliveira deixa o Santos em vantagem, contra o Fluminense na Vila Belmiro - foto: Ivan Storti/Santos

Ricardo Oliveira deixa o Santos em vantagem, contra o Fluminense na Vila Belmiro – foto: Ivan Storti/Santos

Santos e Fluminense realizaram duelo equilibrado nesta quarta-feira (5), na Vila Belmiro, em jogo válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado caminhava para o empate até que Ricardo Oliveira, de cabeça, marcou o gol da vitória santista por 2 a 1, aos 34 minutos do segundo tempo.

O gol colocou o Santos na briga pelo G3 do Nacional, que garante classificação direta para a fase de grupos Copa Libertadores sem a disputa da etapa preliminar da competição continental. Agora, a equipe santista soma 51 pontos, dois a menos que o Atlético-MG, terceiro colocado.

O Santos volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo dia 13, no clássico contra o São Paulo, às 21h (de Brasília), no Morumbi, pela 30ª rodada do Brasileiro. O Fluminense joga no mesmo dia e horário contra o Flamengo.

O Santos iniciou bem a partida e dificultou a saída de bola do Fluminense. A estratégia quase resultou em gol quando Copete roubou a bola do defensor do Flu e tocou para Ricardo Oliveira, que ficou na frente de Júlio César. No entanto, o goleiro do time carioca fez grande defesa.

Sem receber bolas no ataque, Ricardo Oliveira voltava para o meio. Em uma das tentativas, o centroavante arriscou de fora da área para boa de Júlio César novamente.

O Flu só apareceu para o jogo na metade final do primeiro tempo. Os cariocas deram trabalho com o veloz ataque formado por Gustavo Scarpa, Marcos Júnior e, principalmente, Wellington Silva. Foram quatro chances reais de gols, mas o Flu pecou nas finalizações.

No segundo tempo, o time carioca ficou mais perigoso com a entrada de Richarlison. O atacante, inclusive, perdeu a chance de fazer o gol da vitória, mas chutou para fora na saída de Vanderlei. Na sequência, Ricardo Oliveira marcou para o Santos.

O Santos voltou para o segundo tempo com outra postura em campo. Apático e lento na etapa inicial, a equipe santista voltou mais ligado e, principalmente, mais veloz. Um dos motivos foi a saída de Vecchio para a entrada de Longuine no intervalo. O resultado foi o gol logo no início.

No entanto, Levir Culpi não deixou por menos. Após sofrer o gol, o treinador do Flu sacou Pierre e colocou o atacante Richarlison. O Fluminense atacante com cinco e seis jogadores e pressionava o Santos. Não demorou muito para o empate. Aos 17 minutos, Wellington Silva marcou no rebote de Vanderlei. No entanto, Ricardo Oliveira definiu a vitória santista no final, com um bom cabeceio após cobrança de escanteio.

Santos

Vanderlei, Victor Ferraz, David Braz, Luiz Felipe e Zeca; Renato, Thiago Maia e Vecchio (Rafael Longuine); Jean Mota (Yuri), Copete e Ricardo Oliveira (Rodrigão). T.: Dorival Júnior

Fluminense

Júlio César; Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Pierre (Richarlison), Douglas, Cícero e Scarpa; Wellington (Marquinho) e Marcos Junior (Henrique Dourado). T.: Levir Culpi

Estádio: Vila Belmiro, em Santos

Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)

Gols: Copete, aos 3, Wellington Silva, aos 17, e Ricardo Oliveira, aos 34 min do 2º tempo

Público: 5.253

Renda: R$ 141.310,00

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir