Esportes

Ricardo Gomes cobra evolução ofensiva e pede paciência com jovem de 18 anos

Ricardo Gomes admitiu depois do jogo que o time teve dificuldade na hora de concluir as jogadas - foto: divulgação

Ricardo Gomes admitiu depois do jogo que o time teve dificuldade na hora de concluir as jogadas – foto: divulgação

Um dos pontos que mais chamaram a atenção na derrota do Botafogo para o São Paulo no domingo (15), pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro, foi a ineficiência do ataque. O time até teve volume de jogo, mas não conseguiu criar tantas chances claras assim para definir e parou na defesa adversária.

O próprio técnico Ricardo Gomes admitiu depois do jogo que o time teve dificuldade na hora de concluir as jogadas, sem saber direito o que fazer: um passe ou bater para o gol. Para a recuperação na sequência do campeonato e uma campanha mais segura, distante da zona de rebaixamento, o treinador sabe que o time precisará ser mais eficiente na hora de fazer os gols.

“Isso é trabalho do dia a dia com os treinos, não conheço outra fórmula”, afirmou Ricardo Gomes depois da derrota para o São Paulo. “Tem que massificar o trabalho de finalização dentro da área. Estamos fazendo isso, mas ainda não tivemos o resultado esperado.”

Além de falar em continuar o que vem sendo feito diariamente com toda a equipe, o treinador tratou de passar confiança ao jovem atacante Ribamar, de 18 anos. Apesar de a atuação dele nesta primeira partida do Brasileiro ter deixado a desejar, Ricardo Gomes defendeu a ideia de que é preciso insistir com ele.

“É um jogador de potência e habilidade, falta o cheiro do gol. Isso vai acontecer, temos de ter paciência. É claro que o torcedor que paga o ingresso quer a bola na rede. Como profissionais precisamos ter paciência e entender que é um garoto de 18 anos”, declarou.

O próximo compromisso do time no Brasileiro será no próximo domingo, fora de casa, contra o Sport. Antes disso, porém, há o compromisso na quinta-feira pela Copa do Brasil contra o Juazeirense.

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir