Cultura

Revista francesa inclui filme de Kleber Mendonça entre mais aguardados

O cineasta pernambucano despertou a atenção da crítica com o cotidiano da classe média da zona sul do Recife - -foto: reprodução.

O cineasta pernambucano despertou a atenção da crítica com o cotidiano da classe média da zona sul do Recife – -foto: reprodução.

A edição de janeiro da conceituada revista francesa “Cahiers du Cinema” elegeu “Aquarius”, próximo filme do diretor brasileiro Kleber Mendonça Filho, um dos dez mais esperados deste ano.

O cineasta pernambucano despertou a atenção da crítica com o cotidiano da classe média da zona sul do Recife em “O Som ao Redor” (2012), seu primeiro longa de ficção, que o alçou a um dos nomes mais importantes do cenário nacional.

Em “Aquarius”, Mendonça abandona a crítica social a favor do intimismo na trama de Clara, crítica musical viúva e mãe de três filhos adultos, moradora do edifício Aquarius e capaz de “viajar no tempo”. Ela é vivida por Sonia Braga (“Dona Flor e Seus Dois Maridos”), em seu primeiro papel gravado no Recife.

O filme de Kleber Mendonça Filho figura nas páginas da publicação ao lado de “Julieta”, de Pedro Almodóvar, “Sully”, de Clint Eastwood, e “Victoria”, de Justine Triet.

Completam a lista “Ma Loute” (dirigido por Bruno Dumont), “Midnight Special” (Jeff Nichols), “The Lost City of Z” (James Gray), Toni Erdmann (Maren Ade), “La Loi de la Jungle” (Antonin Peretjatko), “Juste la Fin du Monde” (Xavier Dolan), “O Ornitólogo” (João Pedro Rodrigues) e “Love & Friendship” (Whit Stillman).

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir