Sem categoria

Reveillón tem programação gratuita em três locais da capital; mais de 2mil servidores atuarão na segurança

O Plano Tático Integrado de Segurança foi divulgado nesta terça-feira - foto: Márcio Melo

O Plano Tático Integrado de Segurança foi divulgado nesta terça-feira – foto: Márcio Melo

Mais de 2 mil servidores públicos, incluindo Corpo de Bombeiros e funcionários das secretarias de saúde do estado e município, atuarão na operação Réveillon, que deve atrair mais de 150 mil pessoas nos três pontos da capital: Parque Turístico da Ponta Negra, na Zona Oeste; Avenida Itaúba, Jorge Teixeira, Zona Leste e Orla do Amarelinho, na Zona Sul, em que haverá programação gratuita. O maior público deverá se concentrar na Ponta Negra.

Conforme o Plano Tático Integrado de Segurança, divulgado nessa terça-feira (22) pelo secretário de Segurança Pública Sérgio Fontes, 1,05 mil policiais militares farão a segurança nesses três locais. A vigilância começa às 15h do dia 31 e vai até às 5h30 na madrugada do dia 1º de janeiro.

De acordo com o secretário da SSP-AM, Sérgio Fontes, os três locais da cidade escolhidos terão os mesmos moldes de segurança de eventos anteriores para o público. “Esse último grande evento do ano não será diferente dos que já ocorreram. Nós iremos colocar nos esforços para que o público aproveite em paz o divertimento com a sua família e a devoção religiosa. Tudo será monitorado por câmeras e unidades móveis com o acompanhamento em tempo real. Além disso, iremos investir muito na segurança do trânsito para ter um final de ano tranquilo e sem violência”, destacou o secretário Sérgio Fontes.

Uma das novidades da operação deste ano é o apoio da Marinha do Brasil, que fará acompanhamento com equipes no rio Negro, como explicou o coronel Oliveira Filho, coordenador adjunto do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). “Em anos anteriores, já havia uma participação, mas dessa vez a diferença é que atuaremos mais interligados. O papel da Marinha assim como de outros órgãos é fundamental, pois é a instituição responsável pelo trafego aquaviário e que fará buscas e fiscalizações nas orlas da Ponta Negra e Amarelinho’.

O diretor da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Thiago Balbi, informou que o transporte coletivo de Manaus funcionará até às 4h sem interrupção com troca de turno nos três locais de eventos da capital. Para a Ponta Negra, um esquema especial será montado que as moldes de anos anteriores, uma frota de 154 ônibus entre convencionais e articulados atenderão os usuários, além de 16 veículos de apoio atenderão a demanda do Réveillon. As demais zonas terão o atendimento normal com horário estendido durante as festividades.

O comandante da operação na Ponta Negra, major Ubirajara Rosses da Polícia Militar, informou que a segurança será atendida por 450 policiais militares divididos em quatro turmas. Rosses afirmou ainda que uma equipe fará fiscalização na praia para impedir o acesso das pessoas nas águas do rio Negro. O comandante Rosses adiantou também que os religiosos que farão suas oferendas nas proximidades do Tropical Hotel e Clube de Remos terão também serão supervisionadas pela equipe de policiamento.

A operação ‘Réveillon 2016’ será coordenada pelo Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) e terá apoio da Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Ouvidoria e Corregedoria da SSP, Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito de Manaus (Manaustrans), Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Secretaria Municipal de Trabalho, Empreendedorismo, Abastecimento, Feiras e Mercados (Semtef), Secretaria de Cultura, Marinha do Brasil e Eletrobras.

Por Josemar Antunes

 

 

 

 

 

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir