Dia a dia

Retorno para Manaus após o feriadão é tranquilo

retorno-do-feriadão-na-Ponte-Rio-Negro---Marcio-Melo-(4)

Na Ponte Rio Negro, 12 mil veículos estavam sendo aguardados no retorno do feriado – foto: Márcio Melo

O fim do feriado prolongado foi considerado tranquilo nas três principais saídas de Manaus: porto da Ceasa, ponte Rio Negro e posto da barreira que dá acesso a BR-174 e AM-010. Na manhã desta quarta-feira (7), mesmo com uma certa movimentação de veículos, tanto nas estradas quando no porto do Ceasa, não houve registros de acidentes.


O diretor presidente do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), Leonel Feitosa, disse que somente após o meio dia de amanhã (8), divulgará o balanço da operação conjunta com outros órgãos, durante o feriado prolongado. “Estivemos sim presente em vários pontos da cidade, mas somente nesta quinta poderemos divulgar o balanço”, disse.

O diretor-presidente da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos ao Estado do Amazonas (Arsam), Fábio Alho, destacou a tranquilidade na volta para casa, após o feriado. “Até o final da manhã de hoje não tivemos nenhuma alteração registrada. Foram quase 30 mil veículos que deixaram a cidade via transporte municipal. Tivermos um aumento de 20% de ônibus extra, aproximadamente 325 fretamentos”, enumerou.

Alho disse, ainda, que os municípios mais procurados pelos manauenses foram Itapiranga, Manacapuru e Itacoatiara. “Esses foram os municípios mais visitados pelas pessoas que decidiram passar o ferido longe da cidade. O balanço final de tudo e da operação será divulgado no final do dia de hoje. Mas o saldo foi positivo, tudo dentro da normalidade”, comentou.

Na ponte Rio Negro, que liga Manaus aos municípios de Iranduba e Manacapuru, pela rodovia Manoel Urbano (AM-070), até o final da manhã, o trânsito estava tranquilo. Mas segundo o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran), a expectativa é de que o movimento fique mais intenso à tarde. 12 mil veículos estavam sendo aguardados no retorno do feriado.

Já na barreira, o trânsito começou a ficar mais intenso no final da manhã, devido ao grande número de veículos que retornavam de outros municípios pelas rodovias BR-174 e AM-010. Segundo a Polícia Militar, a expectativa de que aproximadamente 8 mil veículos passem pelo trecho durante toda a tarde e início da noite.

No porto Ceasa, Zona Leste, a movimentação começou logo após às 12h, com a travessia das balsas dos municípios de Careiro da Várzea, Careiro Castanho e Autazes para Manaus. Mesmo lotadas de carros de passeio, os motoristas não tiveram dificuldades para desembarcar e voltar para casa.

1 Comment

1 Comment

  1. APJr

    8 de setembro de 2016 at 11:47

    Grito dos excluídos, mas excluídos do que ? O Brasil é um país livre, todos são livres pra trabalhar e vencer! Tá descontente com a sorte? Monte pra si um negócio: uma serralheria, uma panificadora, um mini mercado, um sei lá o que ! Alugue um pedaço de terra, plante alguma coisa que valha a pena,vá trabalhar pra viver ! Só assim vai aprender que não é grito, mas estudo e trabalho duro, o que se faz pra viver !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir