País

Resgatados 40 dos 55 presos do Hospital Psiquiátrico de Franco da Rocha

Durante o motim, os presos incendiaram pelo menos três pavilhões - foto: divulgação

Durante o motim, os presos incendiaram pelo menos três pavilhões – foto: divulgação

Policiais militares fazem uma varredura na região de Franco da Rocha, na Grande São Paulo, em busca de presos que fugiram ontem (17) à noite, após uma rebelião no Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico (HCTP) professor André Teixeira Lima. Até às 8h30 de hoje (18) tinham sido recapturados 40 dos 55 fugitivos, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária.

Durante o motim, os presos incendiaram pelo menos três pavilhões. O Hospital de Custódia André Teixeira Lima é destinado ao tratamento psiquiátrico de detentos homens e mulheres, que cumprem pena em regime fechado e semiaberto. Também há presos provisórios e em medida de segurança. De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária, em contagem feita no último dia 13, havia 523 presos na unidade, que tem capacidade para 594 pessoas.

No dia 29 de setembro, 470 presos fugiram do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) da cidade de Jardinópolis (SP) quando passavam por uma revista de rotina.

Marli Moreira
Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir