Sem categoria

Rescaldo em prédio destruído por fogo no Centro deve ser concluído nesta sexta; estrutura terá de ser demolida

Segundo os bombeiros, não houve feridos, mas parte do prédio desabou e o telhado precisou ser retirad- fotos: divulgação/Bombeiros

Segundo os bombeiros, não houve feridos, mas parte do prédio desabou e o telhado precisou ser retirad- fotos: divulgação/Bombeiros

O Corpo de Bombeiros permanece trabalhando no rescaldo do prédio da Distribuidora Ferraz. A previsão dos bombeiros é que até o fim da tarde desta sexta-feira (2) os focos, que ainda insistem em ressurgir, sejam completamente extintos, mas o imóvel terá de ser demolido.

Segundo os bombeiros, não houve feridos, mas parte do prédio desabou e o telhado precisou ser retirado com a ajuda de um caminhão munck, cedido pela Secretaria Municipal de Infra-Estrutura (Seminf), para facilitar o combate às chamas, evitando maiores danos em um possível desabamento acidental.

O incêndio teve início por volta de 6h30 de quarta-feira (30), no prédio localizado na rua Leovegildo Coelho com rua dos Andrada, próximo à Igreja dos Remédio, Centro, e acabou atingido pelo menos mais dois prédios, sendo um da livraria Disbral e o outro da Tropical Multiloja. “Já estamos há dois dias trabalhando na extinção das chamas, ainda há focos em locais pontuais, mas a expectativa é que até o final da tarde seja finalizado o serviço por parte dos bombeiros. A partir daí, a equipe vai entregar o prédio para que a Defesa Civil do Município possa começar os seus trabalhos”, informou o assessor de comunicação do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBM-AM), tenente Janderson Lopes.

Predio

O tenente disse, ainda, que o risco de desabamento da estrutura do prédio já foi minimizado. “O risco de desabamento já foi minimizado. Porém, o trabalho precisa ser feito com cautela, para que não ocorra nenhum outro acidente. Os imóveis da Ferraz que compreendem a distribuidora e o depósito terão que ser demolidos. Os dois prédios, sendo um da livraria Disbral e o outro da Tropical Multiloja, foram chamuscados e parte da parede lateral da Tropical precisou ser quebrada, para possibilitar o acesso dos militares”, pontuou.

predio-demolid

A Defesa Civil do Município informou através da assessoria que, somente após a conclusão dos serviços dos bombeiros, um técnico será designado para fazer a vistoria e avaliar a situação da estrutura do imóvel. Ainda segundo a assessoria, “a entrada do técnico ocorrerá quando o prédio estiver totalmente livre dos focos e as paredes com a temperatura controlada. Devido à estrutura das paredes, que são muito antigas, grossas e com muito barro na composição, os ricos são bastante comprometedores e por qualquer descuido podem vir a provocar um acidente grave”.

Após a vistoria, seguirão as orientações para o proprietário do prédio e quanto à necessidade de interdição total ou parcial da área.

Por Conceição Melquíades

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir