Sem categoria

Representantes do transporte executivo fazem manifestação nesta quinta

Representantes do Sindicato dos Proprietários de Transporte Executivo e Alternativo de Manaus (SIPTEAM) se reuniram por volta das 11h, desta quinta-feira (17), em frente à sede da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) para pedir o cancelamento do edital de licitação dos serviços de transporte executivo e alternativo. De acordo com a categoria, o documento conta com irregularidades.

De acordo com o presidente do SIPTEAM, João da Silva Cruz, das 120 vagas do Transporte Executivo, as cooperativas conseguiram conquistar 109 e das 200 do alternativo que opera na Zona Leste ficaram com 194. Trinta e um cooperados ainda estão pendestes por conta de problemas com uma certidão. As cooperativas CVTRAM e Cootreaam tiveram índices considerados altos no processo, mais ficaram de fora por conta dessa certidão.

“Vamos até o Ministério Público do Estado (MPE) para pedir  o cancelamento desse processo, pois está cheio de erros e muita gente da categoria está sendo prejudicado”, disse.

Para Cruz, o resultado poderia ter mais positivo se as instituições representantes do cooperativismo estivessem mais presentes durante o processo licitatório e os cooperados melhores avaliados pela comissão do SMTU. “Sabemos que nem todos foram contemplados e entendemos que esse processo ainda pode ter algumas intervenções judiciais, em virtude de falta de clareza nas certidões. Queremos uma resposta dos órgãos responsáveis”, declarou.

A SMTU informou que assim que for procurada pelos representantes das cooperativas para conversar sobre essa insatisfação, vai poder se pronunciar sobre o caso.

Por Michelle Freitas

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir